23/01/2024 às 08h46min - Atualizada em 23/01/2024 às 08h46min

Partido Comunista Chinês banca custos de viagem do PT à Ásia

Motivos do encontro seriam estreitamento das relações e assinatura de um acordo de cooperação

Da Redação
Pleno News
Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT Foto: Paulo Pinto/Agência PT
 

MUNDO - O Partido dos Trabalhadores (PT) alegou dificuldades financeiras e pleiteou para que o Partido Comunista Chinês financiasse a viagem e estadia de dois dirigentes petistas no país asiático. O encontro ocorreu em 25 de fevereiro a 3 de março de 2023, atendendo ao convite dos chineses. As informações são de Ricardo Noblat, de Metrópoles.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, enviou documento fiscal ao Departamento Internacional do Comitê Central do Partido Comunista da China, reivindicando o pagamentos das despesas, e sua solicitação foi prontamente atendida pelo PCCh.

Romenio Pereira, secretário de Relações Internacionais do PT, e Monica Valente, secretária-executiva do Foro de São Paulo, foram os enviados para a reunião.

“Conversas interpartidárias sobre questões atuais do desenvolvimento das relações [entre as siglas], bem como a assinatura de um acordo de interação e cooperação” foram as razões para a realização do encontro.

Apesar da crise financeira relatada, o PT desembolsou R$ 243.229,26 a Romenio Pereira e R$ 217.491,06 a Monica Valente. As quantias são referentes a salários e despesas, de acordo com documentos obtidos pelo colunista junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp