06/01/2024 às 15h47min - Atualizada em 06/01/2024 às 15h47min

Frente Evangélica: Ala direitista nega encontro com Lula

Representantes do governo federal terão dificuldades para se aproximar dos parlamentares evangélicos

Da Redação
Pleno News
Culto da Frente Parlamentar Evangélica (FPE) Foto: Divulgação

BRASIL - Na busca por conquistar apoio dos parlamentares evangélicos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende se encontrar com integrantes da Frente Parlamentar Evangélica (FPE) já no início deste ano.

Segundo a CNN Brasil, integrantes do governo garantem que uma reunião, sem formato definido, deve ser agendada com “deputados e senadores mais moderados”. Inclusive, esses parlamentares já estão sendo sondados para participarem deste evento.

Uma fonte da Bancada Evangélica ouvida pelo Pleno.News garante que a maioria dos integrantes da frente, que são de direita, não tem interesse em sentar com o presidente para uma aproximação. Tampouco para aceitar votar a favor de pautas do governo.

Desta forma, Lula seguirá tendo dificuldades de conversar com a ala mais conservadora da bancada e de listar nomes “moderados” que realmente tenham relevância para atrair outros parlamentares para esse encontro.

TROCA DE PRESIDENTE PODE ATRASAR PLANOS DE LULA
Além de enfrentar a rejeição dos deputados e senadores mais atuantes entre os evangélicos, o petista terá outro entrave: a FPE voltará a ser presidida pelo deputado federal Eli Borges (PL-TO).

Ao contrário do atual presidente da Frente, Silas Câmara (Republicanos-AM), que tem perfil moderado, o deputado tocantinense é mais conservador e defende as pautas de costumes com mais intensidade. Ele retomará a liderança da bancada em fevereiro e isso deve dificultar os diálogos de representantes do governo federal com os parlamentares evangélicos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp