14/11/2023 às 17h13min - Atualizada em 14/11/2023 às 17h13min

Sindicato dos Jornalistas do Amazonas, emite nota de repúdio por intimidação a jornalista na Câmara Municipal de Manaus

Cynthia Blink afirma que se sentiu desrespeitada e intimidada com as atitudes do assessor do vereador David Reis contra ela

Da Redação
Inf: AmPost
Violência contra jornalista - Foto: Ampost

MANAUS - A jornalista Cynthia Blink apresentou uma denúncia na ouvidoria da Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta segunda-feira (13) contra Nilson Buzaglo Júnior, assessor do vereador David Reis. A acusação é de intimidação por parte do assessor. A denúncia foi encaminhada ao vereador Capitão Carpê (Republicanos), ouvidor da CMM, que se comprometeu a investigar o caso.

De acordo com Cynthia, o caso aconteceu logo após ela confrontar o parlamentar em vídeo e questionar porque ele não fica na sua bancada na CMM e utiliza um assessor para pegar o tablete e marcar sua presença nas sessões. Após o político desconversar e entrar para o plenário, Cynthia questionou o assessor do vereador do porque ele ter empurrado seu celular.



Abaixo nota do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (SJP/AM)
 
NOTA DE REPÚDIO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas - SJP/AM vem a público repudiar a intimidação e o constrangimento praticado por um assessor parlamentar do vereador David Reis (Avante) contra a jornalista Cynthia Blink, ocorrido ontem (13/11) nas dependências da Câmara Municipal de Manaus - CMM.

A postura do assessorado de David Reis, ex-presidente da Câmara, atenta contra o livre exercício da profissão de jornalista. Isto porque, o espaço de trabalho do profissional é onde ele estiver na busca por informações para que possa checar fontes e ouvir entrevistados nos vários lados dos fatos abordados na elaboração de notícias.

Em defesa do exercício da profissão, o SJP/AM reforça a denúncia realizada pela jornalista Cynthia Blink junto à Ouvidoria da Casa Legislativa do município de Manaus.

E, solicita da presidência da CMM, as gravações de vídeo do circuito interno do Poder Legislativo Municipal, a fim de que tenhamos condições de ingressar, se necessário, com denúncia criminal contra o agressor para adoção das medidas legais que o caso requer.

Por fim, a entidade sindical solidariza-se com Blink, colocando a assessoria jurídica em apoio às demandas que forem necessárias com o objetivo de reparar o desgaste emocional e o abuso sofrido pela jornalista em plena atividade de trabalho.

Manaus/AM, 14/11/2023.

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS - SJP/AM


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp