17/10/2023 às 02h40min - Atualizada em 17/10/2023 às 02h40min

Reféns do Hamas, filha de brasileira e namorado são assassinados pelo grupo terrorista

Jovem de 18 anos era babá e trabalhava em um kibutz, uma pequena comunidade rural de Israel.

Da Redação
Conexão Política
Foto: Reprodução/Conexão Política

MUNDO - As autoridades israelenses emitiram uma notificação à família de Celeste Fishbein, uma jovem de 18 anos, informando que seu corpo foi encontrado após o ataque terrorista realizado pelo Hamas.

O namorado de Celeste, que estava com ela, também foi morto. A confirmação veio da prima da jovem, Flora Rosembaun, de nacionalidade brasileira. “Infelizmente, é verdade”, disse a familiar.

Celeste, cuja origem é de ascendência brasileira, nasceu em Israel. Ela foi identificada pelo governo israelense como uma das 199 reféns retidas pelo grupo fundamentalista islâmico Hamas durante o último sábado (7). No momento do ataque, Celeste e seu namorado, Dor Haider, estavam no kibutz Be’eri, localizado no sul do país. O grupo terrorista invadiu a região, assassinando centenas de pessoas. Desde então, ambos estavam desaparecidos.

A família de Dor Haider recebeu a notícia da morte segunda-feira, 16. Celeste, como mostrou o Conexão Política, já havia sido vítima da violência do Hamas anteriormente, quando sofreu ferimentos por estilhaços de um foguete que atingiu o kibutz onde vivia com sua família. Por consequência, ela não se alistou para o serviço militar.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp