08/10/2023 às 15h47min - Atualizada em 08/10/2023 às 15h47min

Efeito da seca, evidencia solo do Rio Amazonas próximo a cabeça do Padre | Portal Obidense

Devido a problemas climático e degradação do ecossistema, os fenômenos de decida e subida das águas ficam mais intenso

Por Walmir Ferreira
Seca Rio Amazonas - Cabeça do Padre, Óbidos - PA | Foto: Carlos Vieira

ÓBIDOS – Cada ano o fenômeno da seca acontece com mais intensidade na região amazônica, onde antes existia abundância de água, hoje apenas pedras e pedregulhos. A exposição do fundo do rio Amazonas em frente a cidade do Óbidos - PA no local conhecido como Cabeça do Padre surpreende, são dezenas de metros onde era rio agora virou terra.

Segundo o professor e historiador Carlos Vieira Sarrazim, que aproveitou a ausência da água por causa da seca, para explorar o local e tentar encontrar objetos para sua coleção particular, inclusive usando detector de metal, disse: “Todas as vezes que a seca é grande, surge essa ponte de pedra a acredito que avança mais de 100 metro para dentro rumo onde era o rio”. Com a estiagem e falta de chuva, a seca vai continuar e o rio secará mais.   

O planeta sente a degradação e as mudanças climáticas, intensificando os fenômenos que acontecem em todos os lugares, são cheias e ciclones no Sul do país e seca extrema no Norte e Nordeste. Segundo o Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (INPE) O mês de setembro foi o mais quente do ano, porém outubro parece que vai superar, temperatura de 40 a 45 graus o que deixa as pessoas sintomáticas com problemas o que pode causa mortes.



Devido a seca, cidades do interior e suas comunidades ficam desabastecidas, problema com alimentação e água potável exigem um esforço maior do governo que não tem estrutura para atender toda a população interiorana o que é um absurdo. O mais alarmante é saber que dezenas de embarcações estão parando suas atividades pelo risco de acidentes com o calado baixo do rio, e a impossibilidade de navegação mesmo usando equipamento e sensores eletrônicos.  



Prefeito de varias cidade decretaram emergências, sem pastos animais acabam morrendo, milhares de peixes de várias espécies estão morrendo e desaparecendo, na Amazônia mais de 150 botos morreram segundo o Ibama. No Pará, a área afetada pela seca avançou de 48% para 69% entre os meses de julho e agosto, segundo a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA).

Um retrato dos extremos na frente de Óbidos, considerado a parte mais profundo e mais estreita do maior Rio do Mundo, hoje parte da água desapareceu completamente, embarcações devem tomar cuidado para não bater em banco de areia ou pedra.

Em tempos anteriores a Cabeça do Padre era um local onde parte da juventude obidense usavam para recreação aos finais de semana fica cheia de banhistas e pessoas que usavam o local para pescar.    



   


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp