28/08/2023 às 10h20min - Atualizada em 28/08/2023 às 10h20min

Incêndio toma conta do lixão da cidade e causa prejuízos e transtornos | Portal Obidense

Aproximadamente 42 horas após o início do sinistro, chamas ainda tomam conta do espaço

Elton Pereira
Portal Obidense
Portal Obidense | Incêndio lixão
Óbidos – Moradores do bairro Perpetuo Socorro em Óbidos, no Oeste do Pará, buscam identificar o autor do incêndio na área do lixão da cidade. Segundo informações de moradores, o sinistro teria iniciado, por volta das 23 horas da noite de sábado, as chamas puderam ser vistas de longe e a fumaça causou inúmeros problemas e transtornos aos moradores.


 
Nossa equipe de jornalismo do Portal Obidense, esteve no local, e conversou com pessoas que trabalham no local, segundo os catadores, muitas pessoas aproveitam o escuro da noite para adentrarem na área do lixão e muitas vezes ateiam fogo no local.  “Todo ano é a mesma coisa, a gente agradece os vigias que trabalham aqui, só que esses incêndios só começam a noite, quando o escure acoberta o crime dessas pessoas que entram aqui e acabam fazendo isso”, afirmou o catador, Francisco Ferreira.



O setor de infraestrutura da Prefeitura de Óbidos já esteve no local com os carros pipa, poderem devido as explosões que ocorrem na área e os riscos, não puderam fazer muita coisa. “A gente nem conseguiu dormir à noite, por que a fumaça não deixou, tive que mandar minha filha com os meninos dela para outro lugar, era muita fumaça e hoje a gente ainda está sofrendo, sem poder trabalhar na coleta do lixo, é difícil”, destacou dona Maria Ferreira, coletora.

 

Aterro Sanitário
 
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) segue com a execução do planejamento para efetivar o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos (PMGIR), que traça diretrizes e estratégias que o município adotará nos próximos anos em busca da sustentabilidade ambiental, econômica, financeira na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos.

Nesse sentido, uma vista técnica foi realizada nos primeiros dias do mês de março, na área de 50 hectares onde o aterro deve funcionar, na comunidade Tiradentes, distante 13km da sede do município. Na oportunidade, sete pontos foram visitados, considerando os aspectos socioeconômico, ambiental e a legislação ABNT-13896, que rege as condições mínimas exigíveis para o projeto, implantação e operação de aterros de resíduos não perigosos, protegendo adequadamente as coleções hídricas superficiais e subterrâneas próximas, assim como os operadores destas instalações e populações vizinhas.

Após o diagnóstico das áreas, a empresa Sand Projetos Ambientais e Geologia LTDA foi contratada para realizar os estudos de sondagem SPT do terreno de 15m. Os critérios que estão sendo avaliados nessa etapa do projeto, estão relacionados à vida útil de no mínimo 20 anos para a operação na área, densidade populacional, distância recomendável de 5km de áreas habitadas, distância da localização da captação de água para abastecimento público, distância mínima de 300m para estradas, distância mínima de 13km para o aeroporto, profundidade recomendável de 8m para o lençol freático medido durante a época de maior intensidade de chuva, e outras 13 especificações técnicas obrigatórias para a instalação do aterro.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp