16/08/2023 às 09h44min - Atualizada em 16/08/2023 às 09h44min

Inglaterra supera Austrália e decide Copa do Mundo contra Espanha

Leoas se aproveitam de erros das Matildas e vencem por 3 a 1

Da Redação
Ag. Brasil
Ag. Brasil

AUSTRÁLIA - Mesmo com mais de 75 mil torcedores como adversários Estádio Olímpico de Sidney, a Inglaterra derrotou as donas da casa australianas por 3 a 1, nesta quarta (16), e avançou para sua primeira decisão de Copa do Mundo. Em uma partida eletrizante na segunda etapa, Toone, Hemp e Russo marcaram para as inglesas. Sam Kerr anotou o gol das Matildas, que, mesmo com a derrota, já garantiram sua melhor campanha na história da competição. No domingo (20), a Inglaterra encara a Espanha na final. No dia anterior, a Austrália decide o terceiro lugar contra a Suécia.

No primeiro tempo, a Inglaterra empregou seu estilo de jogo de posse de bola e paciência, enquanto a Austrália, numa postura mais conservadora, buscava uma bola longa para tentar pegar a defesa adversária desprevenida. Aos seis minutos até conseguiu isso. Sam Kerr apareceu livre e finalizou para defesa de Earps, mas o impedimento estava marcado.

Pouco a pouco as inglesas tomaram conta da partida e foram criando chances. Stanway foi lançada na área e chutou para excelente defesa de Arnold. Depois Hemp recebeu na direita e chutou na rede, pelo lado de fora.

Aos 35, enfim, saiu o gol. Após cobrança de lateral pela esquerda, Russo dominou com categoria e tocou para trás. Ella Toone chegou chutando de primeira, fazendo um belo gol ao acertar o ângulo esquerdo da goleira Arnold.

Inglaterra decisiva

Depois do intervalo, as equipes voltaram sem alterações na escalação, mas a Austrália claramente mudou sua postura. Passou a jogar mais com a bola, embora abusasse dos cruzamentos. A atitude, no entanto, era de pressionar mais as inglesas.

As primeiras boas chances foram da Inglaterra. Aos 11, Hemp chutou para grande defesa de Arnold, que colocou para escanteio. Na cobrança, Bright subiu mais alto que todo mundo e cabeceou para fora.

Aos 18 a Austrália conseguiu o gol que tanto perseguia. Após bola roubada, a craque Sam Kerr foi lançada com espaço. Ela tinha a opção do passe para Foord, que penetrava livre, mas preferiu o chute de fora da área e acabou marcando um golaço para empatar. Na primeira partida como titular nesta Copa, Kerr, que sofreu lesão na panturrilha pouco antes do início da competição, fez seu primeiro gol neste Mundial.

Empolgadas com a igualdade, as Matildas seguiram pressionando. A própria Kerr fez grande jogada pela esquerda, mas não conseguiu concluir em gol.

Já a Inglaterra tirou proveito de pequenos erros das australianas para liquidar o jogo. Aos 26, Hemp foi lançada pela esquerda, a zagueira Carpenter perdeu o tempo da bola e não conseguiu afastar o perigo. A camisa 11 inglesa então tocou na saída de Arnold, surpreendida com a falha da companheira.

Novamente atrás no placar, a Austrália voltou a usar a tática das bolas aéreas. Em duas delas, Kerr perdeu gols incríveis. Na primeira, após cruzamento pela esquerda, ela surgiu livre na pequena área, mas tentou um toque com a parte de trás da cabeça que acabou saindo por cima do gol.

A segunda chance foi tão ou mais impressionante. A Austrália cobrou escanteio e povoou a pequena área adversária. Após rebote da goleira Earps, Kerr pegou de primeira, de frente para a meta, e mais uma vez finalizou para fora.

O castigo veio nos minutos finais. Aos 41, com a Austrália quase toda no campo de ataque, Hemp recuperou a bola ainda no campo de defesa, avançou e acertou passe milimétrico nos pés de Russo, que finalizou cruzado para marcar o terceiro e enterrar qualquer esperança das Matildas: 3 a 1.

A vaga na final foi muito comemorada pela equipe e pela técnica Sarina Wiegman, que alcança sua segunda decisão consecutiva. Ela foi vice com a Holanda, seu país natal, em 2019.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp