24/11/2016 às 15h43min - Atualizada em 24/11/2016 às 15h43min

A ocupação por parte de servidores públicos ao prédio da prefeitura de Óbidos dura 11 dias e a negociação ainda não tem prazo para findar.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Adilson Moaraes

ÓBIDOS - O Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Município de Óbidos está na segunda audiência de conciliação que se faz dentro de processos de ações que motivaram atraso salarial entre outros.

Leia também: Acampados no terreno da PMO

É um processo judicial movido pelo Sindicato e do Ministério Público que diz respeito ao bloqueio dos recursos do FUNDEB, FPM, de ICMS. Dentro desses processos houve as audiências de conciliação. A segunda audiência ocorreu no dia 23 de novembro e está estabelecido o acordo de como serão feitos os pagamentos.

Os pagamentos serão feitos de forma cronológica, ou seja, os mais atrasados vão receber os salários. Nesta semana já houve o pagamento referente ao mês de agosto e julho à servidores e outros pagamentos podem sair em pouco tempo como informou o sindicato que avisa aos servidores temporários, na ordem cronológica, que foi determinado estarão recebendo, mas tem um recurso que está bloqueado e está sendo feita uma ação para tentar desbloquear ainda esta semana possivelmente.

“Quero esclarecer à sociedade que não estamos fazendo troca de poder, nós não estamos fazendo gestão de recursos. Nós estamos acompanhando o recebimento de recursos, tentando acompanhar, na medida do possível, a execução desses recursos de modo que a gente não tenha os meses de recursos como se não tivesse repassado nada.” Disse Derinaldo Câncio Biá, presidente do STPMO.

Neste atual momento a prefeitura conseguiu pagar alguns salários, houve uma repatriação de recursos e está se trabalhando para desbloqueio de outros recursos para a quitação dos outros meses. O sindicato explica que de acordo com a audiência de conciliação de quarta-feira (23) foi proposto o cronograma de como a administração pretende fazer o pagamento de todos os passivos atrasados, do que está vencido e do que vai vencer, incluindo o 13° salário.

“E o que a gente espera com tudo isso é que a gente possa minimizar o máximo possível esse impacto negativo. Não sei se possa haver novamente uma verba de repatriação, mas quem dera se daqui com mais uns dias a administração possa dar uma boa notícia aos servidores.” Informa Derinaldo.

Foi feito várias tentativa de contato com a prefeitura, para falar sobre o caso, mas até o mento não respondeu as ligações.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp