18/05/2023 às 09h22min - Atualizada em 18/05/2023 às 09h22min

Professores fazem protestos em frente à Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) | Portal Obidense

O protesto aconteceu na manhã da quarta-feira (17) e foi decretado estado de greve, vários movimentos se unem aos professores e pedem audiência com o governador Wilson Lima

Por> Walmir Ferreira
Informações: Leyliene Farias
Greve de professores no Amazonas

AMAZONAS – Os protestos aconteceram em alguns pontos de Manaus e se estendeu a várias cidades do interior do Amazonas, o ponto mais critico é o município de Parintins que a paralisação é total.

A greve é liderada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam). De acordo com a entidade, a data-base 2023 dos trabalhadores da rede estadual venceu no dia 1º de março. A instituição afirma, ainda, que a data-base de 2022 também está atrasada. Eles cobram 25% de reajuste salarial e outros benefícios.




No início do dia da quarta-feira (17), um grupo de professores fez um protesto em frente à sede do Governo do Amazonas, na Avenida Brasil, bairro Compensa Zona Oeste.

Já no meio da manhã do mesmo dia, vários profissionais protestaram em frente à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na Avenida Mário Ypiranga, Zona Centro-Sul de Manaus. Eles bloquearam a via, no sentido Centro/bairro.

O governador Wilson Lima que está em Brasília, falou em entrevista para uma emissão local que assim que retonar irá se reunir com a equipe técnica da Secretaria de Educação (Seduc). Em quanto isso, alunos do Amazonas ficam sem aula.



 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp