09/05/2023 às 15h53min - Atualizada em 09/05/2023 às 15h53min

Biblioteca Municipal de Óbidos completa em dezembro 55 anos de existência | Portal Obidense

A Biblioteca Leva o nome do escritor e jornalista Ildefonso Guimarães. Fundada em 1968 a mesma continua contribuindo com a história de Óbidos e da região amazônica

Por Marcelo Luíz
Biblioteca de Óbidos


ÓBIDOS - A história da cidade das ladeiras está disponível na biblioteca pública municipal Ildelfonso Guimarães, localizada em um dos setores do Palácio José Veríssimo (Casa da Cultura), no complexo da praça sesquecentenário por lá é possível encontrar obras de grandes escritores obidenses do passado e também dos dias atuais.



A Biblioteca foi fundada em 12 de dezembro de 1968, sendo chamada de Ildefonso Guimarães (escritor e jornalista), na época funcionando em um prédio situado na praça Barão do Rio Branco, ao lado do cliper de Sant'Ana, até o ano de 2002, onde precisou ser realocada nas dependências da Casa de Cultura, somando assim 54 anos em plena atividade.

Ildefonso Guimarães nascido em Santarém-PA no ano de 1919, mas considerado obidense de coração, foi criado na terra pauxis onde obteve a maioria das inspirações para suas grandes obras. Ildefonso era escritor e jornalista e apesar de não ter concluído os estudos chamava a atenção sobre a sua trajetória intelectual.

Como jornalista, Ildefonso escrevia para o jornal conceituado "A Província do Pará" por longas temporadas, e ainda eternizado pela Academia Paraense de Letras. Nos dias atuais o nome do escritor representa o Selo Literário da Fundação Tancredo Neves, que é voltada para publicações de obras clássicas paraenses.

A biblioteca em Óbidos dispõe de um grande acervo de histórias culturais, econômicas, políticas, poesias, bibliografia e outrora escritas por nomes conhecidos como Inglês de Souza, Saladino de Brito, José Veríssimo, Edith Carvalho, Élcio Amaral, dentre outros, e nomes atuais como recentemente o livro "Judeus em Óbidos, na Amazônia", escrito pela Professora e Historiadora Fabiana Fábio.



De acordo com a direção da biblioteca, ainda é possível que o leitor possa levar o livro para casa, desde que ele realize o processo de compromisso de trazer o exemplar de volta no prazo determinado.

Em dezembro de 2023 a biblioteca completará 55 anos em atividade, e nesse momento está sendo realizado um levantamento pelos funcionários de quantos livros o prédio possui, quantas obras expostas, quantas obras intactas, tudo sendo preparado para um momento especial para o dia em questão, sendo também celebrado ao público e convidados.




Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp