09/05/2023 às 07h58min - Atualizada em 09/05/2023 às 07h58min

Estudante de Monte Alegre conquista 1° lugar no Brasil em concurso de redação | Portal Obidense

Diretrizes da Secretaria de Estado de Educação são essenciais para potencializar o alcance do concurso, promovido pela União Postal Universal, em parceria no Brasil com os Correios

Da Redação
Agência Pará
Agência Pará

MONTE ALEGRE - A estudante Edinayana Sarmento, que cursa o 1º ano do ensino médio na Escola Estadual Presidente Fernando Henrique, no município de Monte Alegre, no Baixo Amazonas, oeste paraense, é a vencedora da etapa nacional do 52° Concurso Internacional de Redação de Cartas, promovido anualmente pela União Postal Universal (UPU), em parceria no Brasil com os Correios. Com a conquista, ela representará em breve o Pará na fase internacional, na Suíça.
 

Natural de Monte Alegre, na Região de Integração Baixo Amazonas, Edinayara abordou a temática "Escreva uma carta para alguém explicando quais superpoderes você precisaria para cumprir sua missão”. A estudante desenvolveu sua ideia com base nos problemas de segurança para crianças nas diversas vias do Estado, já que em sua localidade as crianças utilizam principalmente os rios para locomoção.
 

“Enfatizei não somente as rodovias terrestres, que apresentam diversos entraves, mas também na minha região, no quesito transporte fluvial, que é o meio em que muitas crianças se locomovem, inclusive para ir à escola. Esse transporte que enfrenta mais dificuldade no que diz respeito à fiscalização. Eu quis chamar atenção da população e também do poder público, para dar mais atenção a essa grande dificuldade”, disse a estudante.
 

Além de ganhar um certificado, ela recebeu troféu e uma viagem para participar da cerimônia de premiação, que ocorrerá na sede dos Correios, em Brasília (DF), no segundo semestre deste ano. Além disso, Edinayana e a escola receberão também premiações no valor de R$ 10 mil e R$ 10.500,00, respectivamente. 
 

“Estou muito feliz com esse reconhecimento, e por ter me classificado. Confesso que não esperava que tudo isso aconteceria na minha vida. Quando recebi a notícia, fiquei em choque. Mas recebi muito acolhimento dos meus amigos, professores e da minha família. Foi um momento muito significante”, informou a aluna. 
 

Apoio - Ter uma rede de apoio pedagógico é muito importante para melhorar o aproveitamento do aluno na escola, além de contribuir para o êxito na aprendizagem. Essa foi a missão da escola em Monte Alegre ao incentivar os estudantes a participarem do concurso.
 

“Ficamos felizes e orgulhosos pela conquista da aluna. O trabalho pedagógico foi fundamental para alcançarmos o resultado. A escola desenvolve o Projeto Leitores em Evidência, que estimula a leitura, escrita e interpretação de diferentes gêneros textuais, e sempre procuramos participar de concursos pedagógicos para demonstrar à sociedade o protagonismo e potencial dos nossos alunos”, disse Joycilene Bessa, diretora da unidade de ensino.
 

Conquista excepcional - Maior apoiadora do concurso no Estado, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) é essencial para potencializar o alcance do concurso e fomentar a participação de mais estudantes da rede pública estadual.
 

"É uma grande felicidade saber que nossa estudante Edinayana foi a ganhadora do concurso e representará não somente o Brasil, como toda a nossa cultura do Norte, do Pará, na Suíça. Eu nasci e cresci em Cametá (Região de Integração Tocantins), e sei como as condições aqui não são fáceis. Essa é uma conquista excepcional. Tenho certeza de que ela chegará ainda mais longe, e que inspirou e vai inspirar a todos os nossos estudantes do Pará. Estamos trabalhando intensamente para que mais alunos do Pará conquistem seus sonhos", destacou o secretário adjunto de Educação Básica, Júlio Meireles.
 

Concurso - O objetivo é incentivar alunos a expressarem a criatividade e aprimorarem o conhecimento linguístico, além de reconhecer talentos nacionais. Participaram estudantes com idade até 15 anos, previamente selecionados nas etapas nacionais.
 

No Brasil, a realização do concurso fica a cargo dos Correios, e é desenvolvido em três fases: escolar, estadual e nacional. A quarta etapa - fase internacional - fica a cargo da UPU. A primeira melhor redação de cada estado segue para a fase nacional, onde serão selecionadas as três melhores cartas. A primeira colocada representará o Brasil na fase internacional.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp