13/02/2023 às 09h30min - Atualizada em 13/02/2023 às 09h30min

Mortos na Turquia e na Síria passam de 35 mil com expectativa de aumento | Portal Obidense

Diferentes instituições preveem mais vítimas, principalmente pela subnotificação síria e grande quantidade de escombros na Turquia

Da Redação
Jovem Pan
Jovem Pan

TURQUIA - O número de mortos do terremoto de 6 de fevereiro na Turquia e Síria chega a 35.224, de acordo com os dados oficiais atualizados nesta segunda-feira, 13. O terremoto de 7,8 graus de magnitude provocou 31.643 mortes no sul da Turquia e outros 80 mil ficaram feridos, informou a Autoridade de Gestão de Desastres e Emergências (AFAD). As autoridades sírias registram 3.581 óbitos na Síria, enquanto 35.218 pessoas ficaram feridas. A Organização das Nações Unidas (ONU) calcula que mais de 215 mil mulheres grávidas foram afetadas pelos terremotos nos dois países, dentre as quais muitas darão à luz no próximo mês. Apesar da esperança dos resgates, a estimativa é de um grande aumento na contagem de mortos.
 

A ONU advertiu que o número de mortes pode “dobrar”. O geofísico Ahmet Ovgun Ercan, professor da Universidade Técnica de Istambul estimou que 155 mil corpos podem estar soterrados nos escombros na Turquia. Na Síria, tanto o governo, como a organização de socorristas Capacetes Brancos, deixaram de atualizar os balanços de mortos e feridos. Outras fontes citam números mais elevados, como o denominado Governo de Salvação, da aliança islâmica Organismo da Libertação do Levante, que controla boa parte da província noroeste síria de Idlib, último bastião opositor local. Segundo o grupo, nas regiões em que mantém domínio, há mais mortos do que os Capacetes Brancos reportam em todas as aras rebeldes. As autoridades turcas informaram que cerca de 158 mil pessoas foram evacuadas para outras províncias.

 

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp