11/07/2016 às 16h56min - Atualizada em 11/07/2016 às 16h56min

Ornamentação do barco que conduziu a imagem de Sant’Ana foi simples, detalhista e cheia de surpresas

O artista Geandre Reis, deu detalhes do trabalho durante entrevista ao Portal Obidense

Por: Érique Figueirêdo
Fotos: Mauro Pantoja

ÓBIDOS – Uma das principais mudanças no Círio Fluvial de Sant’Ana, implantada desde o ano passado, foi a mudança da embarcação responsável pela condução da imagem peregrina da padroeira dos católicos obidenses. A opção por uma estrutura mais simples, foi o grande desafio do artista Geandre Reis, que fez a ornamentação do barco que levou a imagem durante a romaria fluvial.

O artista que tem uma vasta experiência, inclusive com trabalhos de destaque no boi Garantido do festival de Parintins, já havia trabalho na ornamentação do círio fluvial em anos anteriores, quando eram erguidas grandes estruturas nas balsas que traziam a imagem.

Com uma realidade diferente e desafiadora, Geandre e sua equipe tiveram apenas cinco dias para projetar e construir a alegoria na proa e enfeitar as laterais, a ornamentação fez referência ao tema da festividade: "Sob a Porteção de Sant'Ana, Vivamos a Misericórdia" e lembrou de todas as paróquias que compõe a Diocese de Óbidos. “Dentro do tema da festividade a nossa proposta foi unir todas as paróquias da diocese que estão representadas na nossa ornamentação, pelas imagens dos seus padroeiros na lateral do barco. A parte da frente faz uma referência as nossas riquezas naturais com uma cachoeira, onde no topo estará a imagem de Sant’Ana”, explicou o artista.

O desafio maior, foi realizar o movimento da redoma que guarnecia a imagem, a equipe precisou calcular todos os detalhes da ideia, para que

nada desse errado no momento que imagem baixasse do topo da embarcação. “O desafio maior foi fazer esse movimento na água sem margem para nenhum erro, afinal essa surpresa para a população envolvia a imagem de Sant’Ana, foi preciso construir um sistema manual para subir e descer com a redoma, sem que pudéssemos correr nenhum risco. No momento da procissão e especialmente da descida imagem, nós projetamos um sistema para jorrar água benta, fazendo uma alusão a queda d’água de uma cachoeira, derramando bênçãos por onde a procissão passava”, revelou Geandre.

A falta de tempo limitou o responsável pela ornamentação de executar um trabalho maior, como ele e sua equipe haviam pensado assim que foram convidados pela coordenação do círio. “Tivemos que unir o útil ao agradável, o tempo também não nos permitiria muita coisa, mas nós sempre buscamos fazer o melhor, e graças a Deus nós concluímos com êxito mais esse desafio”.

Outra novidade na ornamentação da embarcação principal da procissão, foi a ausência de jogo de luzes para decorar a estrutura, uma aposta da coordenação, que planejou chegar com o círio fluvial a cidade no final da tarde de domingo. “Esse detalhe nos exigiu maior atenção nos trabalhos de acabamento da estrutura. Com a chegada da procissão ainda de dia, as pessoas puderam observar melhor o trabalho que também ficou mais evidente, por isso nossa preocupação foi evitar que possíveis falhas na decoração chamassem a atenção das pessoas”.

Na parte de trás,  foi colocado um pescador em sua canoa, como se estivesse em movimento, simbolizando a devoção do caboclo obidense, que participa todos os anos do círio fluvial em sua pequena embarcação pelas caudalosas águas do rio Amazonas.

Mesmo com as opiniões contrárias as mudanças o artista que já fez diversos trabalhos importantes, minimizou as opiniões e enalteceu a maior manifestação católica do município de Óbidos. “Nossa maior intenção é unir o povo através desse momento, porque a festa é dos obidenses, esse povo amazônida que vive em uma das regiões mais ricas do Brasil e todos os anos renova a sua fé em Sant’Ana através dessa manifestação”, respondeu Geandre.

Como havia sido programado, o barco chegou ainda de dia no porto improvisado no campo do bairro Bela Vista, e a estrutura montada pôde ser vista de perto pelos fiéis que aguardavam a chegada do círio fluvial.

O momento da descida da imagem do alto da embarcação ocorreu sem nenhum problema, emocionou os fiéis presentes e foi bastante aplaudido.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp