04/02/2022 às 10h09min - Atualizada em 04/02/2022 às 10h09min

Com mais de 400 policiais militares, operação "Comando Supremo" é deflagrada na capital | Portal Obidense

PMs estarão nas ruas para capturar foragidos, cumprir mandados de prisão e fiscalizar veículos suspeitos, em 27 bairros

Por: Taiane Figueiredo/PM


PARÁ - Deflagrada em 27 bairros da capital paraense, na última quinta-feira (03), a operação "Comando Supremo" vai aumentar a presença de policiais nas ruas, por meio de ações que buscam recapturar foragidos, cumprir mandados de prisão e fiscalizar veículos suspeitos. O lançamento da operação foi realizado no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Belém, com a presença do secretário de Segurança Pública e Defesa Social , Uálame Machado, e do comandante-geral da PM, coronel Dilson Júnior.

A operação ocorre periodicamente, mas dessa vez conta com efetivo reforçado para aumentar o suporte à população paraense, já que operações semelhantes também são deflagradas ao mesmo tempo nos municípios do interior do estado.

Na capital, são cerca de 400 policiais militares e 100 viaturas que, em primeiro momento, vão ser empenhadas em barreiras policiais estratégicas e sucessivas, em locais de maior incidência de crimes. Nessas barreiras, serão abordados veículos e pessoas em atitude suspeita a fim de retirar criminosos das ruas. Num segundo momento, os militares vão realizar saturações e incursões também em áreas consideradas críticas. Todas as ações contam com a participação do Comando de Missões Especiais (CME).

"O objetivo maior é sempre esse: evitar que o crime ocorra e, se ocorrer, retirar o criminoso das ruas, buscando sempre resguardar o patrimônio, a liberdade, a integridade física e a vida das pessoas", explica o comandante de Policiamento da Capital I, coronel Getúlio Rocha. Ele também esclarece que os bairros que apresentam maior necessidade de policiamento serão priorizados, ainda seguindo os dados apontados em estudos estatísticos.

"A meta é recapturar foragidos do Sistema Penal, dar cumprimento a mandados de prisão e verificar se aquelas pessoas que estão com tornozeleira eletrônica estão cumprindo as medidas judiciais de permanecerem nas suas residências", destaca o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Dilson Júnior, que também ressaltou o empenho de parte do efetivo que estaria de folga para reforçar a presença da PM nas ruas por meio da operação.

De acordo com o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Uálame Machado, as ações implementadas ocorrem de forma integrada pelos órgãos que compõem o sistema de segurança pública. "O objetivo da Polícia Militar com a operação Comando Supremo é que possamos manter a paz social, demonstrar a força do Estado com a presença da Polícia nas ruas para que a população possa se sentir mais segura", frisou o secretário.



Homenagem
Durante o lançamento da operação "Comando Supremo" foi realizado o minuto de sirene, em que toda a tropa presente prestou continência em homenagem aos policiais que foram vítimas de crimes nos últimos dias. "Essas perdas foram muito grandes para nós, mas vamos nos fortalecer e continuar no combate cada vez mais forte contra a criminalidade por todo o Pará", garantiu o comandante da PM. O momento ocorreu em unidades na capital e no interior paraense.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.4%
10.2%
1.7%
0%
0%
15.0%
1.7%
0.6%
33.1%
1.7%
3.7%
5.1%
2.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp