15/01/2021 às 16h49min - Atualizada em 15/01/2021 às 16h49min

Prefeito Fonseca fiscaliza decreto na cidade de Oriximiná | Portal Obidense

Em coletiva de imprensa o Prefeito reforça as ações de combate e pede colaboração popular.

Por: Eli Junior
Foto: Eli Junior
ORIXIMINÁ - Um cenário atípico, porém comum nos últimos meses. No ano de 2020, ruas e estabelecimentos, público e particular, enfrentaram dias de isolamento social, distanciamento e recolhimento obrigatório às residências. O novo Coronavírus interferiu, diretamente, na normalidade, no dia a dia da vida das pessoas. A necessidade de controle do contágio pela Covid-19 resultou em fechamentos de cidades, barreiras sanitárias através de decretos municipais e estaduais.

O Decreto Municipal n° 133/2021 entrou em vigor na última quinta-feira, 14 de janeiro em Oriximiná e dispõe sobre medidas temporárias de prevenção ao contágio e de enfrentamento da propagação decorrente do novo Coronavírus, no município de Oriximiná.

O Prefeito Fonseca esteve na primeira fiscalização pelas ruas da cidade na última quinta-feira, 14 de janeiro, dia em que entrou em vigor o novo decreto. No período entre as 21h e 5h será implantado o "toque de recolher". Os órgãos de segurança farão rondas pela cidade para fazer a dispersão dos logradouros públicos.

Em menos de 24 horas houve, considerável, aumento de casos confirmados de Covid-19 no Hospital Municipal de Oriximiná. De 12 pacientes internados acometidos pela doença na quanta- feira, 13 de janeiro, subiram para 18 no dia seguinte. Um aumento de 50% dos casos confirmados que ligou o sinal de alerta para medidas mais enérgicas para o controle do contágio.

Participaram da primeira fiscalização nas ruas de Oriximiná o Prefeito Delegado Fonseca, secretários municipais, Guarda Municipal, Coordenadoria Municipal de Trânsito, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária.








Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp