03/05/2016 às 17h42min - Atualizada em 03/05/2016 às 17h42min

Vacinação contra febre aftosa deve imunizar cerca de 140 mil cabeças de gado em Óbidos

Criadores de gado tem até o dia 15 de junho para confirmar a imunização do seu rebanho.

Por: Érique Figueirêdo
Foto: Arquivo/ Portal Obidense

ÓBIDOS – A primeira etapa da campanha estadual de vacinação contra a febre aftosa começou oficialmente em Óbidos, na segunda-feira (2), a meta do escritório local da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), é imunizar aproximadamente 140 mil cabeças, o que corresponde a mais de 90% do total do rebanho cadastrado.

Os criadores tem até o dia 31 de maio para realizar a imunização do seu rebanho, e até o dia 15 de junho para notificar o escritório. A Adepará, orienta os produtores para que evitem deixar para última hora o repasse do quantitativo de animais imunizados. Na última fase da campanha realizada em novembro do ano passado, 6 propriedades cadastradas, deixaram de informar a imunização do rebanho e tiveram que passar por um processo para se regularizar. “Nós pedimos aos produtores que durante a primeira quinzena de maio, tentem fazer a vacinação dos animais, porque é um período que o escritório aqui fica praticamente vazio, e já sabendo dessa tendência de deixar tudo pra última hora, nós orientamos que sejam repassadas o quanto antes as informações para Adepará, para evitar grandes transtornos e longas filas”, disse Tatiane Hage, médica veterinária responsável pelo escritório de Óbidos da Adepará.

A agência estima que 20 a 30 propriedades rurais tenham o processo de vacinação do gado assistido (onde os técnicos acompanham a vacinação de todo o rebanho de uma determinada propriedade), ou recebam a agulha oficial (quando os técnicos vacinam os animais de uma determinada propriedade).

Para a responsável da Adepará em Óbidos, a campanha tem uma importância não só do ponto de vista sanitário, por manter o estado livre da doença, mas também estratégico para a economia local. Desde 2014, quando o Pará foi considerado livre da aftosa, Óbidos tem registrado aumento na exportação de cabeças de gado para o estado do Amazonas. “O Amazonas é o nosso principal mercado consumidor, principalmente de gado de corte e de engorda também, eles não buscam só animais para abate, mas buscam também, animais pra engorda, já que o Amazonas ainda não conseguiu erradicar a aftosa, por isso a importância de manter o nosso rebanho imunizado”, ressaltou Hage.

As doses da vacina já estão disponíveis em duas casas agropecuárias de Óbidos, segundo a Adepará, já há doses suficientes para atender a demanda dos produtores obidenses, as empresas informaram que novos carregamentos da vacina devem chegar, assim que a procura aumentar durante o período da campanha de vacinação.

Calendário

Vacinação: 1 a 31 de maio

Notificação no escritório da Adepará: até 15 de junho

A Adepará realiza cinco campanhas contra a febre aftosa ao longo do ano:

- 15 de março a 30 de abril – etapa de vacinação das Zonas de Proteção de Faro e Terra Santa.

- 1 a 31 de maio – Campanha Estadual de Vacinação/maio 2016.

- 15 de julho a 30 de agosto – etapa de vacinação das Zonas de Proteção de Faro e Terra Santa.

- 15 de agosto a 30 de setembro – etapa de vacinação da Ilha do Marajó (etapa única, em função das condições geoclimáticas).

- 1 a 30 de novembro – Campanha Estadual de Vacinação/novembro 2016.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.4%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
34.2%
1.2%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp