03/09/2020 às 10h20min - Atualizada em 03/09/2020 às 10h20min

Rose de Freitas cobra votação imediata de todos os projetos de lei relativos à violência contra a mulher que tramitam na câmara e no senado | Portal Obidense

A senadora, do podemos do espírito santo, solicitou que os parlamentares dêem prioridade a essas proposições.

Radio Senado
Foto: Divulgação - Senado Federal
BRASIL - O isolamento social imposto para reduzir a transmissão do novo coronavírus agravou o cenário de violência doméstica e familiar no país. Apenas no mês de abril o número de denúncias recebidas pelo canal 180 cresceu quase 40% em relação ao mesmo período de 2019.
Apesar da legislação brasileira apresentar avanços relativos ao combate à violência contra a mulher, ainda são necessários muitos esforços para aprimorar e fortalecer essas medidas.

A senadora Rose de Freitas, do Podemos do Espírito Santo, cobrou a discussão e votação de todos os projetos de lei que tratem do combate à violência contra a mulher e defendeu que a pauta deve ser prioridade dos deputados e senadores.

 “A pauta da mulher não pode se esvair no sangue que a gente vê todos os dias nas manchetes. Nós precisamos aumentar a nossa rede de proteção. Hoje amanhecemos com novas manchetes, novas mulheres mortas, violentadas, tudo. Eu acho que a nossa Casa tem que pressionar a Câmara, porque nós votamos – e não votamos todas – as iniciativas legislativas em relação a violência contra a mulher”. Afirma Rose de Freitas – PODEMOS.

Estão em tramitação no Congresso Nacional diversos projetos relativos à violência contra a mulher, entre eles, um que garante medidas emergenciais de proteção às vítimas durante a pandemia e outro que propõe o aumento da pena para o crime de feminicídio.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.8%
10.1%
1.3%
0%
0%
15.3%
1.6%
0.7%
35.5%
1.3%
4.2%
3.6%
1.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp