28/11/2017 às 19h22min - Atualizada em 28/11/2017 às 19h22min

O novo documento de identidade já tem prazo para o início de sua emissão no início de 2021.

Por: Elialdo Junior
Foto: Modelo - Ilutração

ÓBIDOS - Denominada RIC, Registro de Identidade Civil ou ICN - Identificação Civil Nacional pretende ser o documento de cadastro que deverá concentrar, no único documento, os dados do Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Título de Eleitor.

A intenção com o novo documento é combater a burocracia e as inúmeras fraudes que englobam esses documentos. Atualmente, cada estado emite DOCUMENTO DE IDENTIDADE, o que abre uma brecha para a Identificação Múltipla. São aproximadamente 60 bilhões de prejuízo, por conta de pessoas que chegam a possuir até 50 Registros Gerais.

O novo documento trará a possibilidade de dados biométricos do cidadão fazendo a fusão do CPF, RG e Título Eleitoral deixando, apenas, de lado o Passaporte, por ser um documento exigido em outros países. Outro exemplo é a CNH - Carteira Nacional de Habilitação que pode ser suspensa por infração de trânsito.

O TSE - Tribunal Superior Eleitoral é o órgão responsável pela Identificação Civil Nacional e está em processo de coleta de dados. Um processo lento e minucioso que pode ser finalizado somente em meados de 2021 ou 2022, período em que o documento deverá começar a ser emitido.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Findando o período letivo qual a matéria mais difícil de passar?

6.4%
10.0%
45.0%
10.7%
15.7%
4.3%
7.9%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp