10/03/2017 às 10h06min - Atualizada em 10/03/2017 às 10h06min

Sexta-feira, final de semana, o tempo é curto, pensando nisso uma jovem empreendedora tem a solução para deixar seu corpo bronzeado.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - Com a instabilidade econômica do país nos últimos anos, muitos brasileiros usaram da criatividade para fugir da crise. Daí a expressão "jeitinho brasileiro" foi decisivo na vida de muitos brasileiros e brasileiras. Aliás, 08 de março foi celebrado no mundo o dia em homenagens a elas. Um momento de reflexão e homenagem às mulheres que nos últimos cem anos tiveram momentos revolucionários no cenário social, cultural, político e econômico do planeta.

Poderia ser algo normal falar da força e da importância da mulher na sociedade moderna, mas essa realidade só foi conquistada após muitas lutas. Batalhas travadas com uma sociedade que limitou por centenas de anos a participação da mulher na sociedade. Foram verdadeiras batalhas para conseguir um espaço e mostrar toda sua força e competência.

UM EXEMPLO DE SUPERAÇÃO

Aproximadamente cinco anos atrás, Darlene Mendes ainda estava na faculdade. Não estava inserida no mercado de trabalho assim como milhões de brasileiros. Uma realidade que fez Darlene travar uma batalha consigo mesmo. O que fazer em meio à crise e a falta de oportunidades?

É pouco provável encontrar uma mulher, vaidosa ou não, que não goste de se bronzear. Pois, uma prática comum e normal em seu dia a dia iria lhe encaminhar para um lugar ao sol. Literalmente. Antes, o bronzeado fazia parte do lazer, do dia a dia. Mas, após entrar num curso que repassava conhecimento sobre técnicas de bronzeamento natural Darlene abriu um horizonte de possibilidades a sua frente. Foi ao término do curso que viu a chance de fazer sua própria renda, em casa.

"Eu sempre me bronzeava em casa, ou na praia, era um lazer para mim. Nunca imaginei que essa oportunidade ia abrir portas para mim." Disse Darlene Mendes, empreendedora.

Darlene abriu em casa sessões de bronzeamento natural. A jovem provou que poderia fazer algo e ter uma fonte de renda, o melhor, em casa. Como a cidade de Santarém, Oeste do Pará tornou-se um grande centro na região foi um grande passo para se inserir no mercado de trabalho. O negócio vingou. Deu certo. Mas, ainda não garantia a realização da mais nova empreendedora. Darlene queria mesmo abrir o negócio em sua cidade. Daí, Óbidos tornou-se não mais uma opção, mas uma realidade em sua vida.

"Em Santarém eu consegui um ótimo resultado. Foi acima das minhas expectativas. Mas, eu queria trabalhar em Óbidos. Foi um sonho realizado." Acrescentou Darlene.

Foi daí que a jovem empreendedora fugiu da recessão que o país enfrentou no ano de 2016. Uma das piores crises financeiras dos últimos anos. Se para muitos o ano de 2016 foi um dos piores para os negócios, Darlene viu uma chance de reverter o quadro. Para isso, deu início ao trabalho de divulgação boca a boca do negócio. Qual mulher não gostaria de aparecer com uma marquinha ainda mais em tempos de carnaval? Foi o caso da modelo Glenda Ester que no Carnapauxis de Óbidos foi a Porta Estandarte do Bloco Águia Negra. Glenda frequenta uma academia e lá soube da técnica de bronzeamento natural. Como na semana seguinte iria desfilar pelo bloco fez o bronzeado. Uniu o útil ao agradável.

"Eu gostei muito do resultado e recomendo. Foi acima das minhas expectativas." Disse Glenda Ester, modelo.

Além do bronzeamento natural, Darlene oferece esfoliação natural, hidratação e banho de lua. Esse é um exemplo claro que em meio à crise o tal "jeitinho brasileiro" pode ajudar. Basta acreditar e investir.

"Hoje estou a um ano e meio em Óbidos e vejo que deu certo. Com a chegada do verão acredito que a procura vai aumentar." Acredita Darlene.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.4%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
34.2%
1.2%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp