07/03/2017 às 17h11min - Atualizada em 07/03/2017 às 17h11min

Projeto "Educar Através da Capoeira". Que funciona no Centro de Treinamento Dragon Fight, com inscrições gratuitas.

O grupo Muzenza com filiais em várias cidades do País, inclusive na cidade de Óbidos, Estado do Pará tem como principal arte de trabalho a capoeira.

Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - Uma técnica centenária que foi introduzida no Brasil por meio dos primeiros negros vindos da África no período colonial. A capoeira foi muito usada pelos escravos como forma de expressão artística e também como luta. Como dança, a capoeira utiliza de movimentos suaves e coordenados. Exige muito da parte física e motora do praticante. Como luta foi duramente proibida por se tratar de uma técnica, muitas vezes, tida como fatal.

Mas, a arte da capoeira resistiu ao tempo e à repressão. O Centro de Treinamento Dragon Fight, presidida pelo policial Militar CB. Branches, está em novo endereço, na Av. Nelson Souza, Entre os Bairros São Francisco e Perpétuo Socorro, esquina com a Escola Irmã Firmina. O local foi aberto para várias práticas de atividades físicas como a prática da capoeira através do Projeto "Educar Através da Capoeira".

O projeto visa incluir crianças a partir de 09 anos de idade a adolescentes de 12 anos às aulas de capoeira. Uma forma de possibilitar uma prática

esportiva à jovens e adolescentes.

"Nosso objetivo é abranger o maior número de crianças e adolescentes para que eles tenham oportunidade de aprender uma arte tão rica e que está na história deste país, que é a capoeira." Informa o presidente do Projeto, Cb. Branches.

O policial Militar abriu vagas para crianças e adolescentes, não só dos bairros São Francisco e Perpétuo Socorro, ao qual a academia faz parte, mas a adolescentes de outros bairros. Uma forma de garantir inclusão social, já que a capoeira assim como outros esportes promovem a inclusão e disciplina aos alunos.

Essa é uma bandeira levantada pelo projeto e pela academia Dragon Fight que busca tirar as crianças e adolescentes do caminho das drogas e violência e dar oportunidade de aprender a capoeira, que também visa disciplinar os alunos. As inscrições são feitas na própria academia, na Av. Nelson Souza, próximo à escola Irmã Firmina a partir das 15 horas. Lembrando que os pais e responsáveis devem comparecer com os documentos necessários. As inscrições são gratuitas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.5%
10.2%
1.8%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
33.3%
1.8%
3.8%
4.7%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp