02/04/2024 às 10h01min - Atualizada em 02/04/2024 às 10h01min

Sob Lula, lucro das principais estatais federais cai 24% em 2023

Petrobras, Banco do Brasil, BNDES, Caixa Econômica e Correios apresentaram recuo nos ganhos líquidos, totalizando R$ 182 bilhões.

Da Redação
Conexão Política

Foto: Reprodução

BRASIL - As principais estatais federais — Petrobras, Banco do Brasil, BNDES, Caixa Econômica Federal e Correios — apresentaram um lucro líquido combinado de R$ 182 bilhões em 2023, marcando uma queda de 24% em comparação ao ano anterior. 

A diminuição do desempenho no primeiro ano do governo Lula (PT) é principalmente atribuída à redução do lucro da Petrobras, que registrou uma queda de 33% em relação a 2022, totalizando R$ 124,6 bilhões. Também houve uma diminuição no lucro do BNDES, com um resultado 5% menor no ano passado, totalizando R$ 11,9 bilhões.

Já o Banco do Brasil e a Caixa, por sua vez, apresentaram resultados um pouco melhores em 2023. No primeiro caso, houve uma expansão de 11,3%, alcançando R$ 35,5 bilhões. No segundo, um aumento de 15,5%, atingindo R$ 10,6 bilhões.

Analistas ouvidos pro Conexão Política junto ao +55Invest, portal econômico do grupo Conexão, têm expressado preocupações com a transparência na administração das empresas e seus investimentos, destacando que as nomeações políticas nos cargos de direção se tornaram mais frequentes com a suspensão de parte da Lei das Estatais, aumentando a incerteza sobre o futuro dessas companhias.

Além disso, o mercado aponta que os dados divulgados até então trazem alerta sobre as estatais devido à ausência de transparência na administração e em seus investimentos após o governo Lula deixar de publicar o Boletim das Empresas Estatais Federais.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp