21/02/2024 às 13h12min - Atualizada em 21/02/2024 às 13h12min

Campanha de Vacinação contra a gripe encerra no dia 29 de fevereiro

Ponto extra de vacinação vai funcionar na Feira do Produtor Rural no dia 28/02. Meta de cobertura vacinal no município ainda não foi alcançada

Por: Marcos Cantuário/Ascom - PMO
Agência Pará
Campanha de Vacinação contra a gripe encerra no dia 29
ÓBIDOS - A vacinação contra a Influenza na região Norte começou no dia 13 de novembro de 2023 com a finalidade de proteger a população amazônica antes do período chuvoso, no entanto, até o momento, a meta de cobertura vacinal não foi alcançada.
 
No município de Óbidos, oeste paraense, apenas 42% do público alvo foi imunizado. A campanha vai encerrar na próxima quinta-feira (29), e a partir do dia 1º de março, não haverá mais doses disponíveis para a vacinação. A informação é da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio da Coordenação Estadual de Imunização.
 
Ponto extra
Visando alcançar mais pessoas e aumentar a cobertura vacinal no município, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), vai disponibilizar um ponto extra de vacinação na Feira do Produtor Rural na quarta-feira (28), no horário de 8h às 12h.
 
O objetivo da vacinação é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, principalmente nos grupos prioritários, mas agora está aberta para a população em geral.
 
Público-alvo
 
A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes e puérperas; pessoas com doenças crônicas; povos indígenas; idosos com 60 anos ou mais de idade; pessoas em situação de rua; trabalhadores da saúde; professores dos ensinos básico e superior; profissionais das forças de segurança e salvamento; profissionais das Forças Armadas. A vacina também está disponível para toda a população nas Unidades Básicas de Saúde, diariamente.
 
A vacinação é a melhor estratégia de prevenção contra a Influenza porque possui capacidade de promover imunidade durante o período de maior circulação dos vírus.
 

Leia também: População paraense tem dez dias para tomar vacina contra a gripe


 
 
Vacina
Produzida pelo Instituto Butantan, a vacina ofertada pelo SUS protege contra três vírus respiratórios: Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B, e contribui efetivamente para reduzir o adoecimento, complicações e a mortalidade causada por esses três vírus respiratórios.
 
A vacina também ajuda a proteger aqueles que são mais vulneráveis às doenças graves associadas à gripe, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), e a descompensação de quadros de doenças pré-existentes, que podem levar à morte.
 
Nessa reta final da campanha, procure um ponto de vacinação mais próximo de sua casa e vacine-se. Para que casos de síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave (SRAG) não cresçam, além da vacina, é importante que a população adote as seguintes medidas preventivas:
 
• Lavar as mãos com água e sabão após tossir ou espirrar;
• Usar álcool em gel no caso de não haver disponibilidade de água e sabão;
• Cobrir o nariz e a boca com lenço de papel ao tossir ou espirrar e descartar o lenço no lixo após o uso;
 
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
• Realizar a limpeza e desinfecção de ambientes;
• Manter os ambientes ventilados;
• Usar máscara cirúrgica se estiver com síndrome gripal ou fizer parte dos grupos prioritários (imunossuprimidos, idosos, gestantes e pessoas com múltiplas comorbidades);
• Manter hidratação e alimentação saudável.
• Evitar aglomerações (comuns no período chuvoso), locais fechados e mal ventilados e contato próximo com pessoas doentes.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp