16/01/2024 às 10h23min - Atualizada em 16/01/2024 às 10h23min

Corpo de lutador que foi a morro para recuperar moto é achado

Polícia acredita que Diego Braga Alves tenha sido confundido com um miliciano por traficantes

Da Redação
Pleno News
Diego Braga Alves Foto: Reprodução/Instagram diegobraga13

RIO DE JANEIRO - O corpo do lutador de MMA Diego Braga Alves, de 44 anos, que estava desaparecido desde a madrugada desta segunda-feira (15), quando foi ao Morro do Banco, na Zona Oeste do Rio, para tentar recuperar sua moto que havia sido furtada na Muzema, também na Zona Oeste, foi encontrado pela polícia na noite desta segunda. O corpo foi achado justamente no Morro do Banco.

De acordo com o filho de Diego, Gabriel Braga, que também é lutador, o pai teria passado uma manhã inteira tentando encontrar a moto, que foi levada de dentro do condomínio onde ele morava. Por conta disso, Diego teria subido sozinho o Morro do Banco, que é controlado pelo tráfico de drogas. Gabriel informou que amigos e policiais já buscavam pelo corpo do pai.

– Como estava demorando, os amigos tentaram subir, mas mandaram todos descerem. Um amigo ligou para tentar liberar o corpo e eles falaram que colocaram o corpo em uma praça. Mas quando chegamos lá, a polícia já estava lá e não deixaram ninguém subir – disse Gabriel Braga.

O furto da moto foi registrado por câmeras de segurança, que mostraram o momento em que dois homens retiraram o veículo da garagem do prédio do lutador. Diego não chegou a registrar o furto na delegacia. Com o encontro do corpo, a Delegacia de Homicídios assume o caso. A principal hipótese é que Diego tenha sido confundido com um miliciano por traficantes.

A comunidade da Muzema, onde Diego morava, era dominada por milicianos até recentemente. No entanto, em novembro do ano passado, traficantes do Comando Vermelho invadiram a comunidade e passaram a dominar o local. O Morro do Banco, comunidade vizinha, também está sob o domínio do tráfico.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp