14/01/2024 às 08h41min - Atualizada em 14/01/2024 às 08h41min

Criança de 6 anos morre em carro arrastado por enxurrada em SP

O condutor conseguiu abrir a porta e se agarrar às plantas, mas não conseguiu chegar até à criança

Da Redação
Correio Braziliense
Menino de 6 anos morre após caminhonete ser arrastada por enxurrada - Foto: Divulgação

SÃO PAULO - Uma criança de 6 anos ficou presa e morreu dentro de um carro que foi arrastado por uma enxurrada na Estrada das Marrecas, em Juquitiba, após as fortes chuvas da noite de sexta-feira, 12. De acordo com a Defesa Civil, o nome da vítima é Heitor Ferreira de Souza.

O motorista do carro não percebeu o volume de água sobre a estrada e, quando passou pelo local, o veículo foi arrastado para dentro de um lago, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O condutor conseguiu abrir a porta e se agarrar às plantas, mas não conseguiu chegar até à criança.

Algumas horas depois, informa a SSP, ele viu um veículo na estrada e pediu ajuda. A testemunha retirou a criança da água, e os Bombeiros foram acionados.

O caso foi registrado como morte suspeita/acidental na Delegacia de Juquitiba, que aguarda os laudos do Instituto Médico Legal.

Idoso morreu soterrado em São Bernardo do Campo

Essa foi a segunda ocorrência de morte no Estado de São Paulo após as fortes chuvas da sexta-feira. Em São Bernardo do Campo, um deslizamento de terra atingiu uma casa em São Bernardo do Campo e um idoso que morava no local morreu soterrado.

A Defesa Civil informou que o deslizamento ocorreu nos fundos da moradia, onde ficava o quarto do homem.

Após vistoria técnica, a casa foi interditada preventivamente. Com isso, duas pessoas acabaram desalojadas e precisaram buscar o apoio de parentes.

Ainda de acordo com o órgão, uma nova vistoria está prevista para este sábado, já que, devido ao deslizamento, outras seis residências estão em risco.

O chamado foi atendido pelo Corpo de Bombeiros por volta de 23 horas na rua Odair Vieira. Segundo a corporação, foram encaminhas três viaturas para o atendimento, além do serviço de Atendimento Móvel de Urgência e a Defesa Civil que também estiveram no local. A vítima chegou a ser retirada das terras deslizadas, mas teve óbito declarado ainda no local.

Em nota, a Prefeitura de São Bernardo do Campo lamentou a morte e informou que o imóvel está situado numa área regular. "Não estava em área de risco."

A administração municipal informou que a esposa e a filha da vítima também estavam na residência, porém em outro cômodo, localizado na parte da frente.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp