19/12/2023 às 11h33min - Atualizada em 19/12/2023 às 11h33min

Governo cria regra que vai tirar geladeiras baratas do mercado

Associação diz que serão vendidos apenas modelos de mais de R$ 4 mil

Da Redação
Pleno News

Portal Obidense  Publicidade 790x90

(Imagem ilustrativa) Foto: Freepik

BRASIL - Uma medida do governo Lula vai tirar de circulação os modelos de geladeira sem eficiência em consumo energético. Com isso, modelos mais baratos serão descontinuados e apenas equipamentos com custos elevados serão comercializados.

A informação foi dada pela Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros) que está preocupada com o aumento dos eletrodomésticos, impactando principalmente as famílias mais pobres.

– Só vão ficar no mercado a partir de 2026 geladeiras com valor acima de R$ 4 mil. E isso vai provocar um prejuízo gigante para a população das classes C, D e E – declarou José Jorge do Nascimento, presidente da Eletros, em entrevista ao O Estado de São Paulo.

A medida questionada partiu do Comitê Gestor de Indicadores e Níveis de Eficiência Energética do Ministério de Minas e Energia (MME). A decisão diz que, a partir de 1º de janeiro, as fábricas não poderão mais produzir ou importar geladeiras com nível de eficiência energética que seja menor que 85,5%. A partir de 2026, o nível tem que ser de 90%.

A resolução foi assinada em 23 de novembro de 2023, mas publicada no Diário Oficial de 8 de dezembro, causando grande preocupação ao setor que ainda sofre com a queda nas vendas.

 

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp