09/12/2023 às 08h52min - Atualizada em 09/12/2023 às 08h52min

Em ato contra Dino e Moraes, Brasília volta a ter manifestação neste domingo

Protesto está previsto para acontecer na Esplanada dos Ministérios.

Da Redação
Conexão política

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Foto: Reprodução

BRASÍLIA - Sob a liderança dos parlamentares Thiago Manzoni (PL-DF), Gustavo Gayer (PL-SP) e Nikolas Ferreira (PL-MG), um ato da oposição está programado para ocorrer em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, neste domingo (10). Segundo os organizadores, a manifestação será pacífica e ordeira, em protesto contra os ministros Alexandre de Moraes (STF) e Flávio Dino (Justiça e Segurança Pública).A ação também buscará chamar a atenção para a liberdade dos presos relacionados aos acontecimentos de 8 de janeiro de 2023.

A convocação para o evento está sendo disseminada pelas redes sociais, utilizando textos e banners que destacam palavras como ‘liberdade’, ‘resgate da Justiça’ e ‘contra Flávio Dino no STF’.

O deputado federal Gustavo Gayer (PL-SP) expressou sua preocupação com o atual contexto político, afirmando que “a forma como nos portarmos agora, diante dessa ditadura, determinará se nossos filhos saberão o que é liberdade ou se isso será apenas uma palavra dos livros de história”.

Já o deputado distrital Thiago Manzoni (PL-DF) demonstrou descontentamento com a indicação de Flávio Dino ao STF: “O momento que nós atravessamos no Brasil exige coragem e firmeza quanto aos valores que nos unem, em especial à nossa liberdade. A manifestação do dia 10 é uma demonstração da população brasiliense de que não abriremos mão de nossas liberdades. Não aceitaremos que o comunismo tome o Brasil por intermédio do Supremo Tribunal Federal, com a indicação do ministro Flávio Dino”.

“Nós faremos todos os nossos esforços e nos uniremos com tudo o que nós temos de mais valoroso, que são os nossos princípios, para lutar por aquilo que nós acreditamos”, complementou Manzoni.

Essa será a primeira manifestação da direita na capital do país desde 8 de janeiro, quando as sedes dos três poderes da República em Brasília foram invadidas e depredadas. Na ocasião, mais de mil pessoas foram presas, sendo a maioria posteriormente libertada mediante restrições, como o uso de tornozeleira eletrônica.

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp