17/08/2023 às 22h22min - Atualizada em 17/08/2023 às 22h22min

Belém se prepara para o maior festival de Chocolate e de Cacau da América Latina

De quinta-feira (17) a domingo (20), o público poderá conferir de perto uma vasta programação com o melhor chocolate produzido com cacau amazônico

Da Redação
Foto: Divulgação

BELÉM - Os preparativos no Hangar Centro de Convenção da Amazônia, local de realização do Festival Internacional do Chocolate e do Cacau – Chocolat Amazônia 2023 – já estão em fase final. A partir desta quinta-feira (17) até o próximo domingo (20), Belém será a capital nacional do Cacau e do Chocolate. Simultaneamente, será realizado o Flor Pará, evento que reunirá mais de 50 produtores e comerciantes de plantas e flores genuinamente amazônicas.

A programação é uma realização do governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap). O evento contará, também, com a participação de outras instituições governamentais que atuam no setor produtivo, como é o caso da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), que participará através da exposição de joias confeccionadas no Polo Joalheiro São José Liberto, vinculado à Sedeme. O público poderá apreciar, inclusive, peças confeccionadas com a utilização do cacau como matéria prima.   

Durante os quatro dias de evento, como informou o secretário de desenvolvimento agropecuário e da pesca, Giovanni Queiroz, o visitante verá o que de melhor existe no Pará, em relação à produção de chocolate de origem e de flores, também. “Estamos esperando um público  de pelo menos 150 mil pessoas, de acordo com as nossas estimativas; ano passado recebemos cerca de 110 mil; é um evento que já faz parte do calendário do governo do Estado e que já é aguardado pelos apreciadores de cacau e do chocolate e dos apaixonados por plantas e flores da Amazônia”, observou o titular da Sedap.
O secretário frisou que é importante a demonstração de um interesse cada vez maior do público em relação ao evento, pois valoriza uma cultura que nasceu na Amazônia. “O cacau nasceu aqui, na nossa Amazônia, depois exapandiu para a Bahia; temos um cacau de qualidade, premiado pelo mundo afora e, por isso, queremos convidar a todos que prestigiem nosso evento nesses quatro dias, inclusive para participar das diversas programações, como os cursos que serão ministrados sobre chocolate e flores, mas também as nossas palestras sobre diversos temas vinculados à cultura do cacau”, afirmou o titular da Sedap.Participarão da programação, 600 produtores que se deslocarão de diferentes regiões de integração do Estado.

Diversificação - A partir desta quinta-feira até o domingo, o público irá se deparar com uma programação diversificada que envolve desde a comercialização de plantas e flores, bombons, doces, chocolate em tablete, entre outros, como a realização de fóruns científicos, confecção de esculturas ao vivo de chocolate, preparo de receitas com renomados chefes no espaço denominado de Cozinha Show, entre outros.

 Serviço:

A programação completa pode ser conferida no endereço https://para.chocolatfestival.com.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp