29/05/2023 às 18h16min - Atualizada em 29/05/2023 às 18h16min

Região Norte sofreu mais de 15,7 mil tentativas de fraude em março, revela Serasa Experian

Pará foi a Unidade Federativa com a maior parte das investidas; geral nacional mostra que 46,7% dos golpes foram direcionados ao setor de Bancos e Cartões

Da Redação
Fonte: Sera Experian
Golpe pela internet - Pará foi o mais afetado
BRASIL – O Indicador de Tentativas de Fraude da Serasa Experian revelou que o Norte do país sofreu 15.737 tentativas de fraude ou roubo de identidades no mês de março. Goiás foi o estado que se destacou com a maior parte das investidas – foram mais de 8,2 mil. A seguir, confira o levantamento completo por Unidade Federativa (UF) na região:


 
Análise nacional: mais de 272 mil tentativas em março no Brasil

No geral nacional, os cibercriminosos realizaram 272.792 investidas contra consumidores e empresas a fim de fraudá-los ou roubar suas identidades. O índice mostra que houve um quase golpe a cada 10 segundos no país. Na comparação com o mês anterior, as tentativas cresceram 15,2%, mas quando observadas na relação anual (mar/22 x mar/23), tiveram queda de 30%. Confira no gráfico a seguir os dados completos: 


 
O diretor de Produtos de Autenticação e Prevenção à Fraude da Serasa Experian, Caio Rocha, explica que a comparação com fevereiro tem um aumento natural, já que o mês de carnaval possui menos dias úteis e acaba reduzindo o tempo de atuação dos fraudadores. “Tendo em vista esse contexto, é interessante perceber a baixa de 30% na relação anual. Um dos fatores que pode ter ocasionado a queda é a desaceleração da busca por crédito, pois com menos transações acontecendo, as oportunidades diminuem”.
 
Ainda assim, o segmento de “Bancos e Cartões” continua sendo o mais afetado, representando 46,7% do total de tentativas de fraude em março. “ De modo geral, o avanço tecnológico fez com que as transações em ambiente digital acontecessem em grande quantidade e todos os dias nesse setor. Além disso, se a fraude for efetivada, os golpistas têm a certeza de um rápido retorno financeiro, o que torna a categoria uma das favoritas para a aplicação de golpes”, explica Caio Rocha. Em segundo lugar estava o setor de Serviços, com 27,2% das tentativas de fraude, seguido pelas empresas Financeiras (20,5%), de Varejo (4,2%) e Telefonia (1,4%).
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp