26/05/2023 às 09h05min - Atualizada em 26/05/2023 às 09h05min

Ministra se diz frustrada com Lula após mudança em demarcações

Sonia Guajajara avalia que presidente poderia ter 'entrado um pouquinho mais forte' em defesa da pasta.

Da Redação
conexaopolitica.com.br

Portal Obidense  Publicidade 790x90

FOTO: Reprodução/Internet

BRASIL - A ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, declarou nesta última quarta-feira (24) estar decepcionada com a falta de posicionamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na discussão sobre a Medida Provisória (MP) que pode retirar de sua pasta assuntos ambientais como a demarcação de terras indígenas. 

Em entrevista à GloboNews, ela afirmou sentir “uma certa frustração” com relação à postura do mandatário, que tem se empenhado pouco na articulação política envolvendo essa MP que trata da reestruturação dos ministérios do governo federal. 

Guajajara disse que o petista fez promessas ao segmento indígena durante a campanha eleitoral e cumpriu alguns compromissos, mas lamentou a pressão feita pela bancada do agronegócio no Congresso que, na visão da ministra, tenta enfraquecer o Executivo. 

“Eu não posso negar que há, sim, uma certa frustração. Até porque o presidente Lula se comprometeu durante a campanha, prometeu ministério, cumpriu, e esse ano se posicionou fortemente com esse protagonismo dos povos indígenas e a retomada da demarcação dos territórios”, declarou ela.

“Sei que a bancada ruralista está muito articulada. Acho que o presidente Lula poderia ter entrado um pouquinho mais forte para impedir essa retirada do Ministério dos Povos Indígenas”, lamentou. 

O parecer aprovado no Congresso prevê, entre outras coisas, a mudança da competência para demarcar terras indígenas da pasta comandada por Guajajara para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, de Flávio Dino. Para a ministra, a alteração representa um “esvaziamento da pauta principal do ministério”.

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp