25/04/2023 às 11h26min - Atualizada em 25/04/2023 às 11h26min

Comunitários e devotos seguem tradição da folia de São Tomé | Portal Obidense

O festejo foi realizado na colônia São Tomé e na comunidade Arapucu

Por: Elton Pereira

Folia de São Tomé

ÓBIDOS - Nos dias 22 e 23 de abril, foi realizado na colônia São Tomé (área de cabeceira do lago Arapucu) e comunidade Arapucu, os festejos alusivos ao Santo Protetor das rocas, São Tomé. As folias são toadas cantadas em verso, de acordo e, a critério do Capitão Folião, o qual é acompanhado pelos auxiliares com seus respectivos instrumentos. A partir do momento que são entoadas, passam a se chamar ladainhas, ou cantos.

O movimento conhecido como "Folia de São Tomé", tem em suas celebrações a realização de rezas de ladainhas tradicionais próprias dessa festa que já é tradição na comunidade, assim como aconteceu a caminhada o marabaixo, passeio no lago da comunidade e a derrubada do mastro de oferendas que foram distribuídas aos foliões e todos os presentes como pesquisadores que participaram também de um almoço e jantar.



 
"Mantivemos a tradição em realizar a folia de São Tomé, tivemos a participação de muitos foliões já conhecidos e também, professores e pesquisadores em mestrado que este ano estiveram acompanhando as celebrações", destacou o folião Mauro Sena.

Pagamento de promessas ao Santo protetor das roças, São Tomé, muita devoção e tradição marcaram a realização da folia. A festa foi organizada pela família Sena, tendo como capitão folião Douglas Sena, uma tradição que passa de geração para geração e conta com a participação de vários foliões.
  
É importante falar que as folias de santo, nas comunidades quilombolas do município de Óbidos, passaram por intensas modificações, pois a inserção de novos instrumentos e novas práticas fez com que algumas atividades fossem abandonadas.


 
Como é o caso da paralisação do encontro de folias, que não ocorre mais por causa das dificuldades de locomoção, uma vez que às vésperas do dia da prática da folia, na comunidade, todos os foliões saiam em folia para as outras comunidades do município de Óbidos, para praticar em todas as casas que aceitassem as devoções, que os foliões propusessem desenvolver.

Depois, de todos os trajetos, voltavam para a comunidade de origem, exatamente, no dia programado para ser desenvolvida a devoção final da folia na comunidade.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp