04/04/2023 às 18h02min - Atualizada em 04/04/2023 às 18h02min

COB suspende Wallace da seleção brasileira masculina de vôlei por um ano devido a post contra Lula | Portal Obidense

Oposto campeão olímpico também não poderá participar das atividades relacionadas à entidade por noventa dias

Da Redação
jovempan.com.br
jovempan.com.br

BRASIL - O Conselho de Ética do Cômite Olímpico Brasileiro (COB) decidiu suspender Wallace por “promover e incitar a violência por meio da internet e das redes sociais”. Em decisão divulgada nesta segunda-feira, 3, Comitê decidiu suspender o atleta da seleção brasileira masculina de vôlei por um ano. Além disso, a participação do campeão olímpico em atividades do COB também foi suspensa por 90 dias. Segundo a entidade, a decisão foi tomada de forma unânime pelo Comitê, sendo que a conselheira Joanna Maranhão se considerou impedida de atuar no procedimento. Segundo a decisão, a suspensão de 90 das começou a valer da data do afastamento original: 3 de fevereiro. Com isso, Wallace ficará suspenso até 3 de maio. No dia 31 de janeiro deste ano, o oposto fez uma enquete em seu perfil no Instagram perguntando quem daria “um tiro na cara do Lula”.


A publicação foi apagada instantes depois. No dia 3 de fevereiro, o atleta já havia sido afastado pelo Comitê, sendo proibido de participar de campeonatos organizados pelo COB, pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) e sendo impedido de treinar pela seleção. Na ocasião, ele também foi afastado de seu clube, o Sada Cruzeiro. No mesmo dia em que fez a postagem contra Lula, Wallace pediu desculpas e disse que “jamais incitaria a violência ou ódio” contra qualquer pessoa. “Quem me conhece sabe que eu jamais incitaria violência em hipótese alguma, principalmente ao nosso Presidente. Então, venho aqui pedir desculpas, foi um post infeliz que eu acabei fazendo. Errei”, disse nos stories do Instagram. “Estou aqui pedindo desculpas, porque quando você erra, não tem jeito. Você tem que assumir seu erro e se desculpar. Jamais tive a intenção de incitar à violência ou ódio, não é da minha pessoa. Não foi isso que o esporte me ensinou e não é isso que quero passar pra ninguém”, continuou o atleta.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp