23/03/2023 às 11h13min - Atualizada em 23/03/2023 às 11h13min

Em Óbidos, secretaria de Cultura, promove encontro ao “Dia Nacional das Tradições de Raízes de Matrizes Africanas e Nações do Candomblé” | Portal Obidense

O momento foi marcado por muita manifestações de representantes de terreiros, que são religiões de matrizes africanas que ainda nos dias atuais, sofrem com intolerância religiosa

Por: Elton Pereira
Encontro ao “Dia Nacional das Tradições de Raízes de Matrizes Africanas

ÓBIDOS – Com foco no dia “Dia Nacional das Tradições de Raízes de Matrizes Africanas e Nações do Candomblé”, a secretaria de Cultura do Município de Óbidos (Semcult), promoveu a primeira roda de conversa com representantes de terreiros de Óbidos, afim de debater junto a sociedade, a importância desses religiões de matrizes africanas que remonta a nossa história de colonização e mesmo assim, nos dias atuais, ainda sofrem com preconceito e intolerância religiosa.
 
O evento foi realizado no dia (21) de março, no auditório da Casa de Cultura, (Palácio José Veríssimo), e contou com a participação de um público expressivo, que atentamente ouviram os temas serem explanados para todos, temas como; a luta por direito e respeito dessas religiões em meio a sociedade.



A Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Óbidos (ARQMOB), também esteve representada pelos seus sócios e o presidente, Douglas Sena, que falou sobre a importância do momento, para a luta por direitos e respeito.

 
“Nós hoje, nos reunimos em forma de debater assuntos importantes, como a luta por nossos direitos que a anos são negados por uma sociedade que infelizmente ainda enxerga nos terreiros, onde praticamos nossas orações, como algo obscuro e maligno, e com isso, a falta de conhecimento faz com que pratiquem a intolerância religiosa. A ideia é abrir as portas para que as pessoas conheçam nossas religiões”, afirmou.
 
Ao todo, 5 representantes de terreiros participaram, além do secretário de Cultura, Luiz Carlos Queiroz, que afirmou a necessidade de praticarmos inclusão social e termos sempre respeito, seja pela cor, cultura, dogma ou mesmo opinião.




Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp