23/03/2023 às 08h08min - Atualizada em 23/03/2023 às 08h08min

Mourão diz que PCC precisa sentir o peso da lei | Portal Obidense

Para ele, o país pode virar anarquia se organizações como o primeiro comando da capital não forem combatidas.

Bruno Lourenço
Da Rádio Senado

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Da Rádio Senado

BRASÍLIA - O senador Hamilton Mourão, do Republicanos do Rio Grande do Sul, disse que o Poder Público não pode se omitir diante das ameaças de organizações criminosas como o PCC, Primeiro Comando da Capital.
 

E essas organizações da narcoguerrilha como o PCC elas praticam normalmente terrorismo indiscriminado. Mas dessa vez estão partindo para um terrorismo seletivo. Então essas organizações têm que ser tratadas com todo o peso da lei caso contrário o Brasil irá para o caminho que o México sofre hoje, não é? Sem controle em cima dessas organizações. Então o que nós vemos é cada vez mais esse pessoal julgando, não é, que podem, né, ameaçar qualquer autoridade, independentemente da posição que ocupa, e deixando de compreender que sem o primado da lei o país vira uma anarquia.
 

Para Mourão, é preciso rever a Lei sobre Terrorismo.
 

Senado tem que fazer o seu papel né? E é nós na Comissão de Segurança Pública temos que pressionar pra voltar a ser discutido a lei que tipifica como ato de terroristas essas ações dessas organizações.
 

A Polícia Federal realizou operação nesta quarta-feira para desarticular um plano do Primeiro Comando da Capital para sequestrar e matar servidores públicos e autoridades, entre elas o senador Sérgio Moro, do União Brasil do Paraná. Como ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, ele transferiu diversas lideranças do PCC para presídios de segurança máxima.

 

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp