04/01/2023 às 09h08min - Atualizada em 04/01/2023 às 09h08min

Congresso vai analisar MP que prorroga Auxílio Brasil | Portal Obidense

Já o auxílio gás vai saltar de metade do botijão para o valor total.

Marcella Cunha
Da Rádio Senado

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Da Rádio Senado
BRASIL - O presidente Lula assinou uma Medida Provisória mantendo o benefício de R$ 600 do Auxílio Brasil. O texto vai ser analisado pelo Congresso Nacional e tem prazo de validade até o início de abril. Ele garante um adicional de R$ 200 no valor anteriormente pago às famílias beneficiárias. O recurso extra foi garantido pela PEC da transição, promulgada pelo Congresso Nacional no fim do ano passado. Durante a cerimônia de posse, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, agradeceu o esforço do Legislativo em garantir a continuidade do programa.

 

Foi absolutamente louvável o empenho do Congresso Nacional na célere aprovação da proposta, que impediu a redução, já neste mês de janeiro, do valor pago às famílias beneficiárias do Auxílio Brasil, que será novamente intitulado Bolsa Família.  Acreditamos que apenas a soma de esforços é capaz de nos colocar no caminho da justiça social e da igualdade de oportunidades.

 
A MP também aumenta o valor pago pelo Programa Auxílio Gás, que vai sair de metade do botijão de 13 quilos para o valor total do botijão, a cada dois meses. Os valores serão temporários e vão valer até que um novo programa social seja criado. Foi o que reforçou o líder do Governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá. 

 
Nós vamos ter uma Medida Provisória da criação de verdadeiro programa social que nós não tivemos nesses 4 anos. Tivemos programas para fins eleitoreiros. Mas Programa social para dar resposta à fome de 33 milhões de brasileiros nós lamentavelmente não tivemos. E eu estou muito confiante que a base parlamentar que foi constituída a partir da constituição do ministério do preisidente Lula terá lealdad necessária para a partir de feveireiro otarmos juntos e aprovarmos essas medidas que são reinvindicadas pelo país. 

 
Atualmente, cerca de 90 milhões de pessoas estão inscritas em programas sociais do Governo. Mas, segundo o novo ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, será feita uma revisão nos cadastros, para acabar com fraudes e zerar a fila. Para isso, poderão ser utilizados dados do novo Censo, que está sendo feito pelo IBGE.

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp