08/12/2022 às 11h45min - Atualizada em 08/12/2022 às 11h45min

MRN segue entre as 50 melhores empresas para se trabalhar na indústria brasileira

Em novembro deste ano, a empresa já havia conquistado o 2º lugar na categoria regional

Por: Henrique Britto
MRN segue entre as 50 melhores empresas

P. TROMBETAS - Pela segunda vez consecutiva, a Mineração Rio do Norte (MRN) foi eleita uma das 50 melhores empresas para se trabalhar no Brasil, segundo o ranking das 100 Melhores Empresas para Trabalhar – Indústria 2022, da Great Place To Work (GPTW). Em novembro, a companhia já havia conquistado o 2º lugar na etapa regional. O reconhecimento demonstra que o compromisso da empresa com uma mineração sustentável na Amazônia também passa pela valorização do desenvolvimento pessoal e profissional de seus mais de 5 mil empregados.
 
“Durante muito tempo, a MRN foi e continua sendo conhecida como a maior produtora de bauxita do Brasil. Nós temos ciência dessa liderança, mas sabemos que hoje ela se entrelaça a diferentes interfaces. Por isso, queremos que a empresa seja reconhecida não só como a maior, mas como aquela que promove mineração sustentável em pleno coração da Amazônia. E ficamos muito contentes em saber que isso já está acontecendo, porque os nossos investimentos em sustentabilidade têm os nossos empregados como ponto de partida”, explicou Almer Moreira, gerente geral de Recursos Humanos da MRN.
 
Segundo Moreira, a empresa detém os mais diversos programas de desenvolvimento profissional, sempre acompanhando as principais tendências de mercado. “Nossa área de Recursos Humanos dispõe de ações de educação continuada que permitem aos empregados ampliarem suas competências. Temos cursos de inovação, diversidade e liderança que podem ser acessados tanto pelo computador quanto pelo celular. Em 2021, ultrapassamos a marca de 20 mil treinamentos, divididos entre segurança, qualificação e comportamental”, contou o gestor.
 
 
Pluralidade e Inclusão
 
A mensagem de uma mineração feita por e para as pessoas é levada a sério pela MRN. Nos últimos anos, a empresa tem investido em ações de diversidade e inclusão, como o programa “MRN pra Todos”, que busca o engajamento dos profissionais. Por meio de grupos de afinidade, como gênero, raça, cor, etnia e idade, o projeto fomenta a construção de um ambiente mais inclusivo e plural.
 
Membro do Grupo de Pessoas com Deficiência (PCD), o assistente administrativo Elton Gomes de Souza, de 36 anos, trabalha na MRN há uma década. Ele começou na empresa como jovem aprendiz e em pouco tempo foi efetivado no quadro de empregados. Atualmente, o profissional é responsável pelo setor de faturamento do Hospital de Porto Trombetas.
 
“A MRN é o lugar onde tenho crescido, aprendido e me relacionado bastante, seja com as empresas terceirizadas, seja com os moradores da vila ou com as próprias comunidades vizinhas. Tudo isso graças a Deus e a própria MRN, que me deu essa oportunidade e tem dado para todos os empregados, sem discriminação alguma. Eu me sinto feliz dentro da empresa, sabendo que posso ir além, pois fazer parte desta história me motiva a cada dia sempre me superar e dar o meu melhor”, declarou o assistente.
 
Para Gomes, integrar o time de uma companhia que está entre as melhores para se trabalhar no Brasil é motivo de orgulho. “Isso só nos mostra que estamos no caminho certo, cooperando para o crescimento e desenvolvimento tanto da empresa quanto da própria região, operando de forma sustentável, segura e com qualidade”.
 
De acordo com Guido Germani, CEO da MRN, a empresa é comprometida com um ambiente de trabalho diverso e cheio de oportunidades. “Todos os dias nós procuramos mostrar para nossos empregados que eles são peça fundamental nessa grande engrenagem que é a nossa empresa. Gratidão por esse reconhecimento nacional, que reafirma o nosso propósito de produzir bauxita que contribua para um mundo sustentável. Tudo isso, sempre com respeito ao meio ambiente e às pessoas”, destacou.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp