José Tostes 50 anos

Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor José Tostes: 50 anos contribuindo na formação de cidadãos críticos e conscientes.

Conheça um pouco da história da escola municipal de Óbidos Professor José Tostes, que completa 50 anos de atividade.

ÓBIDOS HISTÓRIA - A educação obidense está umbilicalmente ligada a história da igreja católica no Município, e nos faz retornar ao ano de 1698 com a chegada dos primeiros religiosos da Ordem dos Capuchos da Piedade. Trouxeram, como incumbência do governo português, a catequização dos nativos por intermédio da catequese e o ensino de ler e escrever da língua portuguesa.

Devido à falta de estrutura física e profissionais da educação, as igrejas passaram a ser nossas primeiras escolas e os padres, os primeiros professores. Com a expulsão dos Padres da Amazônia por determinação do Primeiro Ministro Português, Marquês de Pombal, a educação, antes, de responsabilidade da igreja, passou para a responsabilidade do Estado que, naquele momento, não possuía uma política educacional bem definida que pudesse substituir o sistema implantado pela igreja.

Ainda na primeira metade do século XIX, foi fundado o Grupo Escolar de Óbidos que no século seguinte, seria substituído pelo Grupo Escolar José Veríssimo. No ano de 1846, por iniciativa do Bispo do Pará, foi criado o Seminário São Luiz Gonzaga, como forma de atender as necessidades educacionais da população obidense. Oito anos depois, o seminário deu origem a escola São Luiz de Gonzaga, que no ano de 1911, com a chegada de frei André Noirhome, foi substituída pela Escola São Francisco, direcionada mais especificamente para o público masculino. Nesse mesmo ano, Dom Amando, funda o Colégio São José, que funcionava sob regime de internato e externato, passando a atender a demanda feminina.   

Durante muito tempo, por falta de escolas públicas, surgiram as escolas particulares, dentre as quais, duas merecem destaques: Escola Santa Maria, de propriedade da Professora Maria Magdalena da Pinna Printes, e o Colégio Brasil, do professor José Barroso Tostes.

No ano de 1964, foi eleito Prefeito Constitucional de Óbidos o cidadão Antônio Sena Santarém, que deveria permanecer na gestão municipal até o ano de 1967. No entanto, no ano de 1966 foi afastado de seu mandato, assumindo em seu lugar, o senhor Antônio Brito de Souza. Nesse ano, foi conseguido um recurso federal junto ao Ministério da Educação, para a construção de um prédio escolar. O local escolhido, foi na periferia da cidade, em um terreno do patrimônio municipal, localizado no final da Rua Marechal Rondon, canto com a Travessa Dr. Machado, bairro do Umarizal, hoje, Bairro de Lourdes, ainda na administração do sr. Antônio Brito de Sousa.

O Prefeito Antônio Santarém recorreu à justiça e retornou a Prefeitura Municipal, concluindo seu mandato sem, no entanto, concluir a obra deixada pelo seu antecessor. Com a eleição do novo Prefeito Municipal, senhor Haroldo Heráclito Tavares da Silva, o prédio foi concluído e inaugurado no dia 09 de março de 1968, e recebeu o nome de Escola de 1º Grau Professor José Tostes, educador que, durante 32 anos, foi preceptor de várias gerações, assumindo como primeira diretora a senhora Maria José Tavares Calluf, sucedida pelas senhoras: Ana Maria Tavares Chocron, Maria Laura Pinheiro Vieira, Maria Lucia Florenzano de Oliveira, Maria Duarte de Sales,Valdecy dos Santos Barbosa, Marli Uchôa de Figueiredo, Emilza Maria Guimarães Savino, Paula Andréia Gomes de Aquino, Lis Maria Duarte de Aquino, Iolane Fausto da Silva e Odenilma de Farias Canto.

O prédio compunha-se de 04 salas de aula, 01 diretoria, 01 sala destinada aos professores, cozinha e banheiros masculinos e femininos, e um espaço amplo para o desenvolvimento das práticas esportivas.

De 1968 a 1975, atendeu o curso Primário de 1º ao 5º ano (hoje, Fundamental Menor). No final da década de 60, tive a oportunidade de estudar na referida escola, e ainda guardo como lembrança o campinho de futebol em baixo de uma frondosa mangueira; merenda, o leite de padre ou o mingau de gorgulho; o Hino Nacional, cantado todos os dias às 13:00 horas, sob um sol escaldante; os conselhos da Professora Marléa Coelho; os presentes da diretora, professora Ana Maria Chocron ( no início do ano cada aluno recebia um kit, contendo pasta, escova e um vidro de Biotônico Fontoura); os ensinamentos das professoras Lourdinha Couto, Zuza Moda, Conceição Pinheiro, Laura Vieira entre outras. Uma vez por ano, éramos levados para a Fundação SESP, onde devíamos tomar as tão temidas vacinas, fato este que muitas vezes, só de pensar, adoecíamos.

No ano de 1972, tendo no Governo do Estado do Pará o senhor Fernando José Leão Guilhon; na administração municipal, o Prefeito José Carlos Ferrari e sob o direcionamento da Secretaria de Estado de Educação – SEDUC, foi construído um novo pavilhão composto de 03 salas de aula, para atender a grande demanda estudantil. Em 1989, na administração do Prefeito Haroldo Heráclito Tavares da Silva e na direção da professora Maria Lúcia Florenzano de Oliveira, foi construída a quadra poliesportiva.

No período de 1976 até 2007, passou a atender a Educação Infantil e de 1ª a 4ª séries do Ensino Fundamental. Com o processo de municipalização do ensino ocorrido no ano de 2000, na administração do Prefeito José Mario de Souza, foi transferida a responsabilidade da escola do Estado ao Município, e recebeu a nova nomenclatura de Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Professor José Tostes, permanecendo até os dias atuais.

Com a grande cheia que assolou o Rio Amazonas no ano de 2009, a escola ficou submersa comprometendo parte de sua estrutura física, fato este que motivou uma nova reforma no ano seguinte. Em 2016, foi feito a cobertura da quadra poliesportiva, dando um maior dinamismo nas aulas de Educação Física.

Atualmente, atende as modalidades de ensino, Educação Infantil (Maternal II e Pré I) e Ensino Fundamental Menor (1º ao 5º ano), sob a gestão da Professora Odenilda de Farias Canto, Coordenação Pedagógica da professora Vanila Viana Ribeiro, com o apoio consultivo, fiscalizador e deliberador de um Conselho Escolar, eleito dentre os representantes da comunidade intra e extraescolar.

Este ano, em comemoração aos 50 anos de fundação, tive a oportunidade de participar das solenidades que começaram no dia 06 e encerraram no dia 09 do mês em curso, com a entrega de títulos de Honra ao Mérito a ex-funcionários e colaboradores, assim como de um momento de saudade, quando pudemos presenciar saudosos depoimentos de ex-funcionários e ex-alunos, encerrando as solenidades com um coquetel, com um gosto de um breve até logo.

* Prof. Esp. Carlos Augusto Sarrazin Vieira: Licenciado Pleno em Pedagogia, Universidade Federal do Pará. Licenciado Pleno em Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará. Licenciado Pleno em História pela Universidade Cidade de Guanhães, MG. Pós-Graduado em Pedagogia Escolar pela Faculdade de Táhirih, AM. Pós Graduado em Metodologia do Ensino da História e Geografia na Educação Básica, Faculdade Internacional de Curitiba. Aperfeiçoamento de professores em Filosofia, UFPá, e Sócio Correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Pará – IHGP.

Link
Tags »
Comentários »

Findando o período letivo qual a matéria mais difícil de passar?

6.8%
13.7%
38.4%
12.3%
16.4%
4.1%
8.2%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...