10/12/2023 às 11h27min - Atualizada em 10/12/2023 às 11h27min

STF: avaliação negativa da população dispara e dá fôlego aos que buscam limitar poderes da Corte

Corte é alvo de críticas por excessos, arbitrariedades e ativismo em julgamentos.

Da Redação
Conexão política

Portal Obidense  Publicidade 790x90

Foto; Reprodução

BRASIL - O novo cenário de reprovação que se volta contra o Supremo Tribunal Federal (STF) deve pesar em favor de grupos que têm externado insatisfação com a Corte, tanto no meio da população civil quanto nos corredores políticos. Esse impacto deve ser ainda mais incisivo na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

Ambas as Casas legislativas estão empenhadas em encontrar meios constitucionais para conter os poderes do STF. O Conexão Política apurou que a pesquisa mais recente do Datafolha será usada como embasamento pela oposição para intensificar suas críticas ao judiciário.

A pesquisa, divulgada neste último sábado (9), mostra uma disparada na reprovação do STF, com o índice ascendendo de 31% para 38%, ao passo que a aprovação sofre uma redução de 31% para 27%.

O levantamento, realizado na terça-feira, 5, ouviu 2.004 eleitores em 135 cidades brasileiras, apresentando uma margem de erro de dois pontos para mais ou para menos.

Neste domingo (10), em meio aos números que acendem sinais de alerta no judiciário, a oposição se mobiliza para uma grande manifestação contra os ministros Alexandre de Moraes e Flávio Dino, indicado por Lula para integrar o tribunal.

O ato, coordenado pelos deputados Thiago Manzoni, Gustavo Gayer e Nikolas Ferreira, todos do PL, terá lugar na Esplanada dos Ministérios, marcando a primeira grande mobilização desde o episódio de 8 de janeiro.

Portal Obidense  Publicidade 790x90


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp