23/08/2017 às 11h30min - Atualizada em 23/08/2017 às 11h30min

Barco naufraga com 70 pessoas a Bordo e deixa vários desaparecidos, até o momento 22 se salvaram.

A embarcação “Comandante Ribeiro” saiu de Santarém, com escala nos municípios de Monte Alegre, Prainha, Porto de Moz e destino final em Vitória do Xingu.

Por: Márcio Garcia
Fotos: Reprodução des sociais

PORTO DE MOZ – Informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) informa que segundo apurações prévias da Defesa Civil de Belém, na noite desta terça-feira, 22, a embarcação “Comandante Ribeiro” naufragou em uma área denominada de Ponte Grande do Xingú, localizada entre Governador José Porfírio e Porto de Moz.

Informações prévias indicam que no momento do naufrágio haviam cerca de 70 pessoas na embarcação. Na manhã desta quarta-feira, (23), 22 pessoas já haviam sido encontradas com vida e 7 mortos.

Trabalham no resgate do naufrágio as Defesas Civis Municipais de Belém, Governador José Porfirio e Vitória do Xingú.

Segundo depoimento de um dos sobreviventes, após o naufrágio, foram nadando e conseguiram chegar até as margens do rio por volta das 3h da manhã desta quarta-feira, em média 41 pessoas ainda estão desaparecidas. No total de 22 lanchas e voadeiras de Porto de Moz, foram disponibilizada para procurar os desaparecidos.

De Altamira uma aeronave foi deslocada para o local, na tentativa de acelerar e encontrar sobreviventes. Voluntários donos de embarcações, rabetas, bajaras, canoas também estão ajudando nas buscas, a capitania do estado do Amapá, também mandou uma embarcação para o local e de Gurupá partiu um navio patrulha bocaina para ajudar nos trabalhos de buscas, salvamento e resgate.

“Foi um desespero total, estava muito escuro, não sabiam se no barco haviam coletes salva-vidas”. Disse um sobrevivente.

A prefeitura de Vitória do Xingu, já mandou médicos e para médicos para trabalhar no atendimento dessas pessoas e tentar salvar o maior número de vítimas.

A embarcação “Comandante Ribeiro” saiu de Santarém, com escala nos municípios de Monte Alegre e Prainha e destino final em Vitória do Xingu. A Polícia Civil já investiga as causa do naufrágio. A Segup já iniciou a instalação de uma sala de situação. 

Segundo informações da Capitania dos Portos de Santarém, capitão Ricardo Barbosa: “O barco Capitão Ribeiro, saio do Porto de Santarém no dia 21, para Vitória do Xingu, com escalas, e por volta das 18hs, teria parados em Porto de Moz, embarcou alguns passageiros, durante a viagens uma forte tempestade no meio do rio, a embarcação não resistiu ao mal tempo e naufragou”.

Chegada dos sobreviventes

O desespero é muito grandes no Porto de Moz, de parentes e amigos, na ansiedade na chegada de sobreviventes, muito choro, grito e tristeza, misturada a explosão de alegria quando alguém da família ou amigo e visualizado entre os sobreviventes veja vídeo abaixo.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp