03/03/2017 às 15h12min - Atualizada em 03/03/2017 às 15h12min

Voluntários realizam ação de limpeza no Forte Pauxis com o apoio da Prefeitura de Óbidos

Por: Érique Figueirêdo
Ascom/PMO
Fotos: Mauro Pantoja – Ascom/PMO

ÓBIDOS - Após anos de obras paralisadas e abandono, moradores com o apoio do poder público realizaram mutirão de limpeza na área do prédio histórico.

Um grupo de voluntários iniciou na quinta-feira (2), um mutirão de limpeza no prédio e na área ao entorno do Forte Pauxis, monumento histórico, que mantém viva a história da cidade Óbidos, hoje considerada uma das mais importantes da Calha Norte.

A ação de limpeza coordenada por dois empresários obidenses e pela Academia Artística e Literária de Óbidos (AALO), com o apoio da Prefeitura Municipal de Óbidos, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (Seurb), retirou grande quantidade de mato e lixo da área externa do prédio, que estava deixando o ponto turístico quase irreconhecível.

No interior do prédio, foi feita a limpeza dos cômodos e a retirada de fezes de morcego que tomavam conta das paredes e do chão das salas. Os voluntários retiraram também, uma grande quantidade de garrafas de bebidas alcoólicas e de embalagens de preservativos que foram encontrados no local. “Nós estamos tristes e assustados com o estado de abandono que se encontra o Forte Pauxis. Por isso convocamos os amigos e conhecidos para fazermos essa limpeza, afinal é nosso dever também, manter esse local preservado”, disse Eládio Canto, um dos coordenadores da ação de limpeza.

O professor e historiador Carlos Vieira, também participou da iniciativa. Para ele, é necessário que a população se envolva mais com a preservação dos patrimônios históricos, para ajudar o poder público a manter viva a história da origem do povo obidense. “Essa iniciativa é ótima e nós abraçamos e vamos apoiar até o final, para que nós possamos ver as coisas acontecerem, e Óbidos deixar de ser aquela famosa terra do já teve. Está na hora de ajudarmos o poder público a preservar os nossos patrimônios”.

O prefeito de Óbidos, Chico Alfaia, foi pessoalmente acompanhar a limpeza do espaço. O chefe do Executivo, garantiu que a segurança do local será reforçada para impedir a entrada de pessoas não autorizadas. Quanto a retomada das obras, Alfaia informou que o setor de planejamento está estudando o convênio, para determinar que medidas podem ser tomadas. “Nós estamos fazendo um levantamento detalhado para saber como está esse convênio. Nós sabemos preliminarmente que a empresa responsável pela obra faliu, a segunda colocada foi chamada, mas não aceitou por conta da defasagem dos preços. Vamos analisar todos os fatores para tomar uma posição concreta quanto à retomada da obra do Forte Pauxis. O que posso garantir é que iremos trabalhar para concluir essa obra”, informou o prefeito obidense.

Obra

Iniciada em 2010 a obra de reforma e restauração do Forte Pauxis, orçada inicialmente em R$ 2.274.586,50 (Dois milhões, duzentos e setenta e quatro mil reais e cinquenta centavos), financiada com recursos do Programa de Aceleração Crescimento – PAC Cidade Históricas do Governo Federal, com contrapartida da Prefeitura de Óbidos de R$ 114.154,03, deveria ter sido entregue em fevereiro de 2012.

No projeto original, os trabalhos de reforma e restauração do Forte Pauxis prevê a adequação do espaço para um museu, brinquedoteca e biblioteca, sala para exposições de média temporada, cine-auditório e praça de alimentação.

Os valores dos recursos existentes para investir na obra, e os valores referentes a contrapartida da Prefeitura de Óbidos, estão sendo atualizados pelo setor de planejamento da prefeitura.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp