01/04/2017 às 17h36min - Atualizada em 01/04/2017 às 17h36min

Populares, encontraram um macaco da espécie Guariba, morto, próximo a um campo de futebol em Óbidos.

Um macaco da espécie Guariba foi encontrado, morto, ao lado do campo de treinos do time de futebol, Vila Nova, da cidade de Óbidos, Oeste do Pará.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Portal Obidense

ÓBIDOS - O animal foi avistado por populares que acompanhavam uma partida de futebol, válida pela 2° rodada da 3° Copa Pauxizão, promovida pelo Projeto Múltiplos Talentos.

O animal com pouco mais de 70 centímetros da cabeça a ponta do rabo estava há dez metros do campo de futebol e há pouco mais de três metros dos torcedores. Nossa reportagem foi uma a primeiras a ser informada e chegar ao local, onde o macaco foi encontrado morto.

Uma equipe da SESPA estadual, que estava na cidade de Óbidos foi acionada pela assessoria de comunicação da prefeitura para seguir o protocolo de remoção do animal. Segundo Fernando Esteves, Médico Veterinário da SESPA o procedimento inicial é observar o animal e fazer a remoção do primata para análise em laboratório.

"Como esse animal ainda está com uma morte recente, ele será encaminhado, congelado até nossa regional em Santarém, e de lá ele será encaminhado para o Instituto Evandro Chagas para exames. É suspeito de febre amarela, mas pode não ser." Alerta o Médico.

O bugio-ruivo, bugio-marrom ou simplesmente bugio (Alouatta guariba) é popularmente conhecido como guariba. Os bugios são majoritariamente folívoros, comendo outros itens alimentares de forma casual: entretanto, há uma grande seletividade nas espécies de plantas consumidas por esses primatas. Cerca de 3/4 da dieta é composta por folhas, sendo que cerca de 41% dessas provêm de lianas, e como mostrado em estudos na Mata de Santa Genebra em Campinas, mais da metade da dieta provém de apenas de 6 espécies.

As equipes da secretaria de saúde municipal farão um mapeamento da área e fazer a vacinação dos moradores ao entorno do local que o macaco foi encontrado morto. Já tinham sido disponibilizadas 800 doses da vacina contra a febre amarela, mas serão encaminhadas mais de três mil doses para o município de Óbidos.

Tudo indica que o animal não foi abatido e teve morte por causa natural. Apenas os exames poderão constatar a verdadeira causa da morte do primata. O laudo pode sair em pelo menos 15 dias.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.4%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
34.2%
1.2%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp