29/09/2016 às 09h35min - Atualizada em 29/09/2016 às 09h35min

Nessa época do ano, algumas pessoas aproveitam para fazer roçados e acabam praticando crime ambiental.

Além de prejudicar o ecossistema, causa doenças respiratórias, de pele e visão, por isso a secretaria do meio ambiente de Óbidos está recebendo várias denúncias.

Por: Walmir Ferreira
Foto: Arquivo/ Portal Obidense

ÓBIDOS - A secretaria municipal de meio ambiente (SEMMA) vem recebendo várias denúncias de focos de incêndios em locais diferentes na zona urbana de Óbidos, sendo que o mais grave deles foi o incêndio que atingiu a madeira de espécie maçaranduba que está alojada no parque de exposição agropecuária do município, a SEMMA chegou ao local para tentar conter o incêndio por volta das duas e trinta da tarde de terça-feira (27), sem sucesso, já que o fogo se propagou muito rápido fazendo com que as mais de 20 toras fossem incendiadas. Vale ressaltar que essa madeira foi apreendida do município de Curuá em Óbidos em 2012.

Neste mesmo dia foram pelo menos quatro focos de incêndio na área urbana de Óbidos. Um foco no terreno do Instituto Federal Estado do Pará (IFPA); O segundo no terreno de uma empresa de comunicação no Bairro Perpétuo Socorro. Outro no terreno da EXPOFAO e um foco no lixão da cidade. Segundo a SEMMA não compete ao órgão apagar incêndios, e que há uma fragilidade em questão de falta de equipamentos necessários e suficientes no município para conter o incêndio do tamanho do que foi proporcionado no parque de exposição agropecuária.

A SEMMA registrou o boletim de ocorrência, haja vista que existe possibilidade de ter sido um incêndio provocado.

A Secretaria municipal de meio ambiente vem fazendo diversas manifestações de sensibilização das pessoas para que evitem fazer queimadas, principalmente nesse momento em que o clima está mais quente e seco.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.4%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
34.2%
1.2%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp