30/07/2017 às 18h57min - Atualizada em 30/07/2017 às 18h57min

Serra da Escama: um patrimônio ameaçado, o que fazer?

Por: Marcio Rubens
Blog Fivelenado
Fotos: Márcio Rubens

ÓBIDOS - Nos últimos dias 16 e 18 de junho de 2017 pela manhã estivemos visitando a Serra da Escama e a Defesa Gurjão como é conhecido o lugar bem lá no alto em que estão postos 4 Canhões Armstrong. As idas e vindas tiveram duplo objetivo: A primeira visita teve haver com a complementação de uma atividade escolar relacionada a disciplina História de Óbidos que proporcionou aos alunos do 9º ano a observação “in loco” do Patrimônio Cultural de Óbidos isto depois de visitarem o centro histórico da mesma cidade, por que entendemos que o Patrimônio Histórico e Cultural local são de grande importância e significado para Óbidos e já que temos a disciplina que trata especificamente deste município na grade curricular do ensino fundamental, nada mais natural e elucidativo que os jovens alunos possam obter suas próprias impressões sobre os canhões, sobre a estrutura, sobre as construções e sobre a própria percepção de um tempo diferente do tempo em que vive, observando os objetos que estão no centro e lá, no alto da Serra. Sobre este tópico publicamos neste mesmo Blog o artigo A SERRA DA ESCAMA E O SEGREDO HISTÓRICO DE ÓBIDOS e também o artigo CENTRO HISTÓRICO DE ÓBIDOS, UMA AULA DE HISTÓRIA EM CADA ESQUINA. Por isso, entendemos que você deve opinar sobre: O que você acha da ideia, da disciplina, do Projeto?

A segunda visita teve haver com a difusão de nossa história e memória através do turismo ecológico e de valorização de nosso Patrimônio Histórico e Cultural como elemento formador da sociedade obidense e amazônica, no contexto de conquista e proteção da Amazônia para o Brasil e por conta desse interesse fomos junto, no dia 18 deste mês, ao jovem casal (Daniel Carvalho, Turismólogo e Técnico em Radiologia, natural de Roraima e Kika Sena, natural da Bahia e Professora de Filosofia do IFPA / Óbidos). E do mesmo jeito, queremos sua opinião: O que você acha da ideia? Como fazer para que o turista possa conhecer nossa história e como podemos ter, através do turismo, a geração de emprego e renda em nosso município?

Mas, porém, ao fazermos o percurso percebemos que não está limpa a Trilha, há muitos obstáculos, com algumas partes bastante acidentadas, fora o fato de que caiu uma árvore sobre um dos canhões e um amontoado de galhos se sobrepôs ao mesmo. Fora isso. Percebemos a necessidade de se fazer pequenos reparos na estrutura de alvenaria que podem sanar ou minimizar o impacto do tempo. Além disso, é notória a depredação do Patrimônio por pessoas que querem deixar o nome gravado nos canhões e levam tintas, pincéis, corretivos, tudo para deixar uma marca para o tempo, as vezes deixam até lixo, o que deixa o ambiente bem vergonhoso.   

Bem, temos a convicção de que possuímos um ícone do Patrimônio Histórico a preservar. Agora, em sua opinião como devemos proceder para resolver toda essa problemática?

Matéria original do Blog Fivelando: www.fivelando.com.br

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.6%
10.1%
1.8%
0%
0%
15.5%
1.8%
0.6%
33.9%
1.5%
3.9%
3.9%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp