26/06/2022 às 09h32min - Atualizada em 26/06/2022 às 09h32min

Comunidade indígena Wai-Wai, de Oriximiná, terá artesanato incluído no aplicativo ArteAma | Portal Obidense

Ferramenta desenvolvida pela Sedeme, em parceria com outras entidades, garantirá mais alternativas de comercialização ao trabalho feito pela comunidade indígena

Redação
Agência Pará
Agência Pará
ORIXIMINÁ  - Representantes da comunidade indígena Wai-Wai, de Oriximiná, na região Baixo Amazonas, estiveram na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), nesta sexta-feira (24), para uma reunião em que foi apresentado o app ArteAma aos artesãos daquela comunidade indígena. Na ocasião, a Sedeme conheceu mais sobre a produção de sementes artesanais, cerâmicas indígenas e de outros materiais oriundos da natureza, processados com técnicas repassadas de geração em geração, e discutiu a possibilidade de exposição e comercialização dos itens no catálogo virtual do aplicativo.
 
Walter Wai-Wai, representante do povo indígena, deu ênfase à importância da iniciativa ArteAma para a sua comunidade. “Esse tipo de diálogo aberto conosco é muito importante, para que a nossa comunidade seja atendida, pois desta forma nós podemos estudar como comercializar nosso artesanato. O ArteAma foi uma surpresa muito boa, pois vai proporcionar o devido reconhecimento do artesanato indígena para nós”, afirmou.
 
“Vejo de perto nas populações dos indígenas Wai-Wai o seu trabalho. Em suas aldeias há bastante produção, porém, eles não possuíam uma ferramenta para divulgação e, agora, com o ArteAma, o trabalho deles poderá ser levado mundo afora graças ao Governo do Estado, por isso que este elo é algo maravilhoso, pois poderá gerar mais renda para eles a partir da sua arte”, afirmou Soraia Almeida, coordenadora de populações extrativistas, presente à reunião. 
 
impulso - Idealizado pela Sedeme, em parceria com outras entidades estaduais, o app ArteAma funciona como uma plataforma de 'e-commerce' do artesanato paraense, contando com um catálogo virtual dedicado aos artesãos e empreendedores regionais. Com isso, o objetivo é impulsionar esses negócios visando a um maior alcance dos produtos para o Brasil e para o mundo, além de fortalecer a geração de emprego e renda no Estado.
 
Carlos Ledo, secretário adjunto da Sedeme, destacou a importância de ampliar o catálogo do app com o artesanato indígena da Região Baixo Amazonas. “Mais uma vez demonstramos o nosso compromisso com o fomento do artesanato produzido no Pará, agora discutindo a oportunidade de incluirmos no ArteAma os itens produzidos pela comunidade indígena Wai-Wai de Oriximiná. Essa é uma oportunidade e tanto para nós, que esperamos que possa ir adiante porque, sem dúvida, teremos resultados fantásticos com isso”, afirmou. 
 
O próximo passo para efetivar a adesão será os membros da aldeia passarem por um treinamento para que aprendam as etapas de cadastro, inserção de produtos, além de obter dicas e estratégias de vendas, aproveitando da melhor forma possível o artesanato. A partir de agora, uma equipe da Sedeme, Seaster e a empresa que desenvolveu o app dará suporte à comunidade, sendo, no caso da desenvolvedora do app, 24h por dia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp