22/06/2022 às 09h14min - Atualizada em 22/06/2022 às 09h14min

Santarém comemora aniversário com nova orla | Portal Obidense

A orla da cidade tem uma extensão de 1.640m, trecho entre o Bosque Vera Paz e a Av. Augusto Montenegro

Redação
Agência Pará
Imagem da Internet
SANTARÉM - Às vésperas do aniversário de 361 anos de Santarém, o governo do Estado promoveu uma agenda com várias entregas, voltadas principalmente para a melhoria da qualidade de vida dos moradores do município. O governador Helder Barbalho (MDB), que está na cidade para as comemorações, entregou nesta segunda-feira (21), a nova orla do município, com urbanização e sinalização.
 
A orla da cidade tem uma extensão de 1.640m, trecho entre o Bosque Vera Paz e a Av. Augusto Montenegro, possui estrutura de seis píeres para atracação de embarcações, duas casas de bombas, rampa para descida e subida de lanchas e jetskis.
 
"Esta é uma obra histórica e estruturante para o município de Santarém. Uma obra que vem fortalecer os espaços de lazer e que estimula cada vez mais que as belezas naturais possam estar de encontro com a infraestrutura da cidade para estimular o turismo. Essa obra deixando Santarém mais bela e mais bonita. Me sinto realizado de ter tido a oportunidade de colaborar para que ela saísse do papel, consolidando a beleza de Santarém, dando ainda mais condições de acolher as pessoas", disse o governador Helder Barbalho.
 
O projeto, que já opera com amplitude de execução, está transformando a frente da cidade, melhorando a trafegabilidade, ordenando a atração de embarcações e facilitando o tráfego, especialmente dos moradores de comunidades ribeirinhas que chegam a Santarém. Além disso, também vai estender o espaço de lazer e contemplação, que brevemente estará concluído.
 
Rosildo Picanço que trabalha com a venda de peixes no mercado de Santarém comemorou a entrega da nova orla. “Em primeiro lugar, a orla vai trazer muita oportunidade para as pessoas terem acesso à nossa feira e também uma estrutura dessa forma vai beneficiar não só a nós vendedores que sobrevivemos do pescado como pessoas que vêm de outros municípios”, comenta.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp