09/06/2022 às 09h41min - Atualizada em 09/06/2022 às 09h41min

Comissão aprova proposta que articula formação e aprendizagem profissionais | Portal Obidense

Comissão especial aprova proposta que articula formação e aprendizagem profissionais. o texto segue agora para o senado.

Redação
Da Rádio Câmara
Da Rádio Câmara
BRASIL - A comissão especial da Câmara dos Deputados que trata da formação técnica profissional (PL 6494/19) aprovou (nesta quarta-feira, 8) o parecer da relatora, deputada Tabata Amaral (PSB-SP), favorável à proposta. A proposição dispõe sobre a formação técnica profissional e tecnológica e articula a formação profissional técnica de nível médio com a aprendizagem profissional.

“O nosso projeto busca dar uma resposta à seguinte situação. Metade dos jovens alemães tem acesso ao ensino técnico. No Brasil, são apenas 8% e já passou da hora de a gente olhar para o ensino técnico e profissionalizante não com olhar de preconceito, não como uma porta que se fecha, mas sim como mais uma porta de entrada”.

O texto aprovado prevê que a União, em colaboração com os estados e o Distrito Federal, deverá formular e implementar uma política nacional de educação profissional e tecnológica, articulada com o plano nacional de educação.

As ações da política deverão observar as necessidades do mundo do trabalho.

No que diz respeito à articulação entre a educação profissional técnica de nível médio com a aprendizagem profissional, o texto prevê o aproveitamento de créditos da educação de nível médio tanto na aprendizagem quanto na educação superior.

Também poderá haver o aproveitamento das horas de trabalho em aprendizagem profissional na carga horária do ensino médio.

Aprendiz é o jovem que estuda e trabalha, recebendo, ao mesmo tempo, formação na profissão para a qual está se capacitando.

Tabata Amaral acrescentou que a proposta prevê a organização da formação profissional e tecnológica em eixos tecnológicos, que possibilitem o aprendizado ao longo da vida.

“Em um mundo em que, daqui a dez anos, metade das profissões que existem hoje vão desaparecer e outras que a gente sequer consegue imaginar vão surgir, é muito importante que da educação básica desde o início, até as formações que vêm após o ensino médio, a gente possa dar prosseguimento, a gente possa dar continuidade.”

A proposta que trata da formação técnica profissional seguirá para análise do Senado.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp