28/02/2022 às 17h24min - Atualizada em 28/02/2022 às 17h24min

Polícia Militar e SEMMA desarticulam prática da pesca proibida | Portal Obidense

Na ocorrência foram apreendidos materiais de pesca e um homem foi detido por desacato

Por Marcelo Luíz



ÓBIDOS - Na tarde da última sexta-feira (25), a polícia militar em conjunto com os agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), realizaram fiscalização na região dos lagos (município de Óbidos), onde foi constatado a prática da pesca de peixes que ainda estão no período do defeso.

No momento da abordagem, várias canoas estavam na região com seus materiais de pesca e certa quantidade de pescado do tipo Mapará, peixe esse que por conta do defeso está proibido a sua captura.

De acordo com Srgt. Fábio Ordeney, um homem de nome Izaque acabou desacatando as autoridades policiais e com isso foi detido e levado até a cidade, onde foi conduzido até a delegacia de polícia civil.

Fábio ainda informou que Izaque teria desafiado os polícias militares, e o mesmo no ato da abordagem pedia para que atirassem nele, certamente uma forma de afrontar a equipe policial. Izaque ainda teria disparado palavras de baixo calão contra os PM's.

O material de pesca e uma quantidade de Mapará que foi apreendido ficou sob responsabilidade da equipe da SEMMA, que posteriormente dará a destinação correta desse produto.





Várias espécies de peixe estão desaparecendo de rios e lagos, devido a pesca predatória em período de reprodução da espécie, antes o que era abundante hoje está mais difícil, inclusive fatos relatados por todos os pescadores.

O defeso é quando as espécies estão em reprodução, esse período deve ser respeitado por todos, o Mapará é um dos peixes que está desaparecendo, quem realiza pesca nesse período está indo contra a leia e conta a continuação do peixe tão apreciado pelos obidenses que tende a desaparecer.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.4%
10.2%
1.7%
0%
0%
15.1%
1.7%
0.6%
33.2%
1.7%
3.7%
4.8%
2.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp