25/02/2022 às 14h44min - Atualizada em 27/02/2022 às 00h00min

Krav Magá no combate à violência doméstica contra a mulher

Federação Internacional oferece aulas gratuitas para celebrar o Dia Internacional da Mulher

SALA DA NOTÍCIA Vanessa Soares
Máxima Assessoria
Divulgação

Para ajudar no combate aos altos índices de violência doméstica contra a mulher e celebrar o dia dedicado a elas, a Federação Internacional de Krav Magá (FIKM), criada pelo professor Avigdor Zalmon, oferece aulas gratuitas de defesa pessoal durante o mês de março.

“Nossos instrutores são antes de tudo educadores e o que ensinamos nas academias é muito mais do que técnica de defesa pessoal. Ensinamos nossa aluna como se defender de forma adequada, oferecendo capacidade técnica e conscientização sem colocar a vida em risco. A proposta é a de usar o Krav Magá apenas como último recurso”, conclui Zalmon.

Praticante do Krav Magá, a aluna Raquel Dutra da Silva procurava uma maneira de se defender, até conhecer a técnica israelense. “A cada aula, aprendemos a nos defender com rapidez e eficiência, independentemente de sexo, idade ou condicionamento físico. Me sinto muito mais segura. Eu não ando mais na rua com medo, mas sim de cabeça erguida”, garante.

Devido à pandemia da Covid-19 e ao isolamento social que persistiu em 2021, as mulheres vítimas de violência doméstica foram forçadas a conviver por mais tempo com seus agressores, aumentando o número de casos. Pesquisa realizada pelos institutos Locomotiva e Patrícia Galvão revelou que nove em cada 10 mulheres consideram que o local que apresenta maior risco de feminicídio é dentro de casa, por um parceiro ou ex-parceiro e que três em cada 10 mulheres adultas já foram ameaçadas de morte.

De acordo com a pesquisa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública em parceria com o Instituto de Pesquisa Datafolha, 1 em cada 4 mulheres brasileiras acima dos 16 anos (24,4%), ou seja, cerca de 17 milhões de mulheres, afirmaram ter sofrido alguma forma de violência durante a pandemia de Covid-19, especificamente nos últimos 12 meses. Ainda, 5 em cada 10 brasileiros (51,1%) apontaram ter presenciado algum tipo de violência contra a mulher em seu bairro ou comunidade durante o último ano.

As aulas serão híbridas e as interessadas devem fazer um cadastro por meio da Central de Atendimento da Federação telefone (11) 97041-9797. As vagas são limitadas.

Serviço

Federação Internacional de Krav Magá 

Central de Atendimento: (11) 97041-9797

https://www.kravmaga.org.br 

Informações à Imprensa – Máxima Assessoria de Imprensa

Vanessa Soares– vanessa@maximasp.com.br – (11) 99014-1177


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.4%
10.2%
1.7%
0%
0%
15.0%
1.7%
0.6%
33.1%
1.7%
3.7%
5.1%
2.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp