18/02/2022 às 17h24min - Atualizada em 18/02/2022 às 17h24min

Documentário exclusivo mostra a diversidade musical do Pará | Portal Obidense

Participação de Gaby Amarantos, Dona Onete, Pinduca, Chimbinha e outros artistas

Da redação Portal



PARÁ - O cantor e instrumentista Felipe Cordeiro navega pelos rios do Pará para ir ao encontro de artistas que representam toda a diversidade rítmica daquele estado. Assim se desenrola o documentário “Ventos Que Sopram — Pará”, dirigido por Renato Barbieri, a ser exibido no Curta!, que está com sinal aberto através de seu site até o fim de fevereiro. 

“O Pará é como se fosse um grande rio, muito caudaloso, cheio de vertentes sinuosas (...). A nossa música é exatamente isso”, introduz Felipe logo na primeira cena. O filme mostra a exuberância musical, natural, arquitetônica e histórica do estado, enquanto passeia por ritmos como o carimbó, o brega e o tecnobrega.

As raízes africanas, indígenas e sul-americanas — devido à proximidade de países como o Suriname e a Guiana Francesa — se mostram nesse “raio-x” da música paraense. O filme também relembra canções antigas e chega até uma nova geração de artistas que se utiliza da internet para divulgar seu trabalho e chegar a várias partes do mundo.



Além da apresentação de Felipe Cordeiro, a narrativa é conduzida também pelo historiador e professor Aldrin Figueiredo e por diversos artistas locais, como Gaby Amarantos, Dona Onete, Jaloo, Chimbinha, Pinduca, Curica e Manoel Cordeiro. Eles exaltam, sobretudo, o orgulho de pertencer àquela cultura e àquele pedaço às vezes esquecido do Brasil. 

“Ventos Que Sopram — Pará” é uma produção da GAYA Filmes e da Olho Filmes, viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). O filme também está disponível no Curta!On, streaming do Curta! no NOW (da Claro/Net) e no Tamanduá.TV.  A exibição é na Segunda da Música, 21 de fevereiro, às 22h30.




 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.4%
10.2%
1.7%
0%
0%
15.1%
1.7%
0.6%
33.2%
1.7%
3.7%
4.8%
2.6%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp