27/06/2016 às 09h26min - Atualizada em 27/06/2016 às 09h26min

Remo empata mais uma no Estádio Mangueirão e fica no 1 a 1 com ABC

Mais Querido larga na frente com Jones Carioca, mas Leão consegue empate com Edno. Time paraense não vence há três meses em casa e elenco sofre pressão

Por: GloboEsporte.com Belém, PA
Foto: Brenno Rayol/TV Liberal

BELÉM - Remo e ABC até que criaram boas chances, mas acabaram empatando em 1 a 1 no Estádio Mangueirão, na noite deste sábado. O Mais Querido largou na frente com Jones Carioca, logo aos cinco minutos do primeiro tempo. O empate do Leão foi aos 22 minutos, após cabeceio de Edno na pequena área. O resultado deixou o Remo, momentaneamente, na terceira posição, com nove pontos, mas a torcida continua na bronca com o elenco, já que o clube não vence em casa há três meses, a última vitória foi sobre o Nacional-AM pela Copa Verde, e acumula o terceiro jogo sem vencer como mandante nesta Série C. O ABC permanece na sexta posição, agora com seis pontos, e sai satisfeito com o único ponto conquistado longe de Natal.

Na próxima rodada, o ABC joga em casa, no Estádio Frasqueirão, contra o River-PI. O jogo está marcado para o sábado, dia 2 de julho, às 19h, em Natal. O Remo tem uma missão longe de Belém e vai ao interior de Pernambuco para enfrentar o Salgueiro, no Estádio Cornélio de Barros. A partida é no dia 4 de julho, às 20h.

O jogo

ABC e Remo travaram um duelo de muitos altos e baixos no Estádio Mangueirão. No primeiro tempo, a partida teve muita velocidade e jogadas com qualidade. Assim como no último jogo fora de casa, quando bateu o Fortaleza na Arena Castelão, o Mais Querido mostrou uma formação mais adiantada em campo e chegou ao gol logo aos cinco minutos. Erivélton cruzou pela direita e encontrou o atacante Jones Carioca sozinho, que abriu o placar. O gol deixou o Alvinegro ainda mais forte em campo, enquanto o Leão tentava chegar ao ataque. Depois de uma bronca do técnico Marcelo Veiga, o Remo respondeu com Allan Dias, que mandou um chutaço pela direita e viu a bola explodir na trave alvinegra e na mão do goleiro Vaná. Em seguida, o time paraense conseguiu o empate com Edno. Eduardo Ramos cruzou a bola na área e o atacante dividiu com o zagueiro Gustavo Bastos e desviou de cabeça.

Na etapa final, o técnico Marcelo Veiga apostou na entrada de Patrick no lugar de Michel Schmoller e deu um perfil mais ofensivo ao Leão. Com a bola nos pés, o jogador ganhou a dividida no meio-campo e lançou para Edno. O atacante do Remo correu sozinho, mas o goleiro Vaná saiu do gol e mostrou muita habilidade ao driblar o adversário. Aos 30 minutos do segundo tempo, o experiente atacante teve a melhor chance da partida para fazer o gol e virar o placar, após cruzamento de Patrick, mas pegou mal com a perna esquerda e mandou a bola para fora. Para deixar o jogo ainda mais apimentado, a arbitragem deu cinco minutos de acréscimos e os dois clubes chegaram com muito perigo. Primeiro, Ciro fica frente a frente com o gol, mas manda a bola por cima da trave. Depois, foi a vez do ABC desperdiçar com Caio Mancha. O camisa 9 cabeceou forte, mas Fernando Henrique conseguiu uma bela defesa.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.4%
22.5%
10.3%
1.5%
0%
0%
15.2%
1.8%
0.6%
34.3%
1.2%
4.0%
4.0%
2.1%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp