23/06/2016 às 17h46min - Atualizada em 23/06/2016 às 17h46min

Capitania dos Portos inspeciona embarcações que transportam alunos em Óbidos

Empresa responsável pela prestação do serviço solicitou a inspeção. Ação faz parte dos ajustes determinados pelo MPE.

Por: Érique Figueirêdo
Fotos: Divulgação/ Calha Norte-Eury Silva

ÓBIDOS – Como parte dos ajustes determinados pelo Ministério Público Estadual (MPE), após a audiência pública que discutiu a situação do transporte escolar, realizada no mês passado pela Câmara de Vereadores de Óbidos (CMO), a empresa Calha Norte, responsável pela prestação do serviço, solicitou a Capitania dos Portos de Santarém, a inspeção naval das embarcações que atuam no transporte dos alunos na região de várzea do município.

O trabalho de inspeção, ocorre quase dois meses antes do início do ano letivo na área de várzea, que só iniciará no mês de agosto. Foram observados todos os aspectos de segurança das embarcações, além das condições estruturais e dos equipamentos de mais de 20 barcos de pequeno e médio porte. “Nosso objetivo hoje aqui é inspecionar as condições das embarcações para manter a segurança do transporte aquaviário dos alunos da área de várzea de Óbidos, para evitar acidentes. Estamos inspecionando e determinando a correção das discrepâncias que estamos encontrando”, explicou Moura, sargento da Marinha do Brasil.

As irregularidades mais constatadas durante as vistorias, foram o uso de extintores de incêndio e coletes salva-vidas fora do prazo de validade. A Capitania dos Portos estipulou um prazo, para que os proprietários das embarcações se adeguem as normas de segurança na navegação. “Na verdade essas irregularidades com extintores e salva-vidas fora do prazo de validade, sempre são encontradas, um descuido que pode custar vidas. Mas eles já foram orientados a trocar esses equipamentos, assim também como em alguns casos, alguns donos de embarcações vão precisar corrigir o problema de descargas expostas, ou seja, são situações que podem ser facilmente corrigidas”, disse o sargento.

No geral, o estado de conservação dos barcos que transportam os alunos, foi bem avaliado durante a inspeção, a situação dos condutores, foi outro item bem avaliado. “No geral o que encontramos aqui hoje foi muito melhor do que nós imaginávamos, as embarcações estão bem conservadas, tem condições adequadas para o transporte dos alunos, e a maioria dos condutores é habilitado, o que torna ainda mais segura a navegação”.

Os responsáveis pelos barcos que não apresentaram habilitação, terão que passar por treinamento para receber a carteira que autoriza a condução de barcos de pequeno porte. As adequações determinadas pela Marinha, devem ser feita antes do mês de agosto, do contrário a empresa dispensará os prestadores de serviço. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual BANDA ou CANTOR que vc gostaria de ver num Grande Evento Paraense em 2020 em Manaus

2.3%
22.3%
10.1%
1.7%
0%
0%
15.3%
1.7%
0.6%
33.8%
1.7%
3.8%
4.6%
2.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp